CONTAMINAÇÃO - 30 pessoas foram infectadas pela covid desde novembro em asilo

Morre terceiro idoso infectado pela covid em asilo de Penápolis

DIEGO FERNANDES  – PENÁPOLIS

Foi confirmada pela secretaria de saúde de Penápolis a morte do terceiro idoso que vivia no Lar Vicentino, que teve um surto de covid-19 no final do mês de novembro.

Um homem de 86 anos de idade chegou a ser considerado curado da doença, porém precisou novamente de atendimento médico na última semana e faleceu nesta terça-feira (28).

Há cerca de duas semanas, uma mulher de 90 anos e um homem de 89 anos morreram após serem internados na Santa Casa de Penápolis. Um idoso ainda segue internado no local.

Ao todo, 30 pessoas testaram positivo para a covid-19 entre moradores e funcionários do Lar Vicentino. Destes, 22 já foram liberados do isolamento.

Um dos responsáveis pelo Lar Vicentino, Benone Soares de Queiroz Júnior, afirmou que os casos foram detectados a partir do final do mês de novembro.

“Começou dia 30 de novembro, um idoso teve alguns sintomas de gripe, o enfermeiro detectou isso e foi encaminhado para a Santa Casa de Penápolis, onde foi feito o exame que positivou para covid. Com isso, nós já entramos com todo o protocolo de isolamento e com os exames para detectar se tinha mais algum idoso com covid, com isso foi detectado mais alguns idosos”, disse o responsável.

As visitas no asilo estão suspensas por tempo indeterminado. A suspensão ocorre desde o início da pandemia, em março de 2020. A diretoria do asilo não sabe como os idosos foram contaminados.

 

Veja também

Araçatuba bate novo recorde de infecções em 24 horas pela Covid-19

Araçatuba bateu novo recorde de casos positivos de Covid-19 em apenas 24 horas. Foram constatadas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *