ATRAÇÃO - Pessoas param para fazer fotografia ao lado do ipê amarelo ANTONIO CRISPIM

Ipê amarelo muda a paisagem de avenidas de Araçatuba e atrai visitantes

Compartilhe esta notícia!

ANTONIO CRISPIM – ARAÇATUBA

Os ipês pertencem à família das Bignoniáceas, da qual também faz parte o jacarandá, e estão presentes em todas as regiões brasileiras, desde a floresta tropical da Amazônia, ao cerrado do Centro-Oeste, à caatinga do Nordeste e aos campos do sul. São várias espécies nas cores rosa, amarela e branca. A florada começa em junho e se estende até outubro. O ipê amarelo tem a capacidade de mudar a paisagem de áreas urbanas e rurais. No alto da Saudade, em Araçatuba, há concentração de ipês, tanto na via pública como em áreas particulares. É comum encontrar pessoas fazendo fotos com os ipês. 

Embora o pau-brasil, que deu nome ao país e é considerada a árvore símbolo nacional, em 1961 o então presidente Jânio Quadros resolveu o problema, decretando que o ipê amarelo é a flor símbolo nacional.

Ao contrário de outras plantas, as flores do ipê desabrocham em dias secos  do inverno. Além disso, antes da florada, perde todas as folhas. Dá a impressão de uma árvore morta. Na realidade, é a natureza se protegendo. Ao perder as folhas, todos os nutrientes vão para as flores, garantindo a reprodução. Depois as folhas ressurgem com força total. 

Estudos mostram que pela resistência e durabilidade de sua madeira, os ipês foram muito usados na construção de telhados de igrejas dos séculos XVII e XVIII. Até hoje a madeira do ipê é muito valorizada, sendo bastante utilizada na construção civil e naval. Por estar presente em todas as regiões, o ipê também é usado no tratamento caseiro, como chá.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Iniciada a implantação da ciclofaixa na Avenida Guanabara

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ANDRADINA A Prefeitura de Andradina iniciou nessa semana a implantação …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *