Home Cidades Araçatuba Investimentos públicos estimulam a participação do setor privado

Investimentos públicos estimulam a participação do setor privado

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

Nas próximas semanas a Prefeitura de Araçatuba debe abrir as primeiras licitações do Programa Melhor Agora, que prevê o investimentos da ordem de R$ 26 milhões. O dinheiro está sendo obtido por meio de empréstimo junto à Caixa Econômica Federal. O Tesouro Nacional já aprovou a transação. Este será o maior conjunto de obras lançado de uma só vez em Araçatuba. O prefeito Dilador Borges já determinou as primeiras obras que devem ser feitas, procurando contemplar todas as regiões da cidade. Dilador e o secretário de Planejamento, Tadeu Consoni, acreditam que ainda este mês ou no máximo no início de agosto, será possível assinar o contrato e logo depois serão publicados os editais das primeiras obras.
O prefeito Dilador Borges comemora o investimento feito e destaca que além dos R$ 26 milhões que serão investidos, empresários do setor privado devem investir algo em torno de R$ 13 milhões. Isso aumenta a capacidade de investimento. “Temos procurado sempre fazer parcerias. São empresários que estão preocupados com o futuro da cidade e participam deste momento histórico”, disse o prefeito.
O grande empresário e um dos maiores investidores de Araçatuba, Jamil Buchalla, defende parcerias. “Quando o empresariado vê governos sérios, que não pedem para si, mas para a cidade, sentem-se motivados a participar”, disse Buchalla, que em seus vários empreendimentos, tem colaborado com o município.
“Quando entram com um projeto, pedimos a participação para resolver determinados problemas, como galeria e pavimentação. Os empresários têm correspondido”, disse Tadeu Consoni.

CONFIANÇA
Além dos investimentos em obras paralelas e estruturantes, muitos empresários têm procurado a Secretaria de Planejamento para pedir documentos em relação a novos empreendimentos. Segundo o assessor executivo da pasta, Claudiocir Fernandes, nos últimos meses, com obras como a Juscelino Kubtschek e Joaquim Pompeu de Toledo, o anúncio de novas obras, aumentou muito a procura. “O empresariado está confiante”, acrescentou.

ETELVINO É EXEMPLO
Há muito tempo a Via Etelvino Pereira dos Santos, com extensão de 2.370 metros, ligando a Rodovia Elyeses Montenegro Magalhães ao pé de galinha (Avenida José Ferreira Batista) apresenta intenso tráfego. No entanto, com a construção de vários residenciais naquela região da cidade, aumentou ainda mais. A sua duplicação tornou-se uma prioridade.
Segundo o secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Urbano, Tadeu Consoni, passam pela Etelvino, diariamente, aproximadamente 15 mil carros. O número aumento nos fins de semana.
Diante deste quadro preocupante e sem condições de executar a obra, a administração do prefeito Dilador Borges decidiu buscar parcerias com empresas que estão com projetos de empreendimentos ao longo da via.
A duplicação já começou. No total, no local serão investidos aproximadamente R$ 4,5 milhões. No entanto, o município vai injetar cerca de R$ 1,6 milhão para recuperar a atual pista. A outra pista, assim como obras de transposição com galerias de rubos, serão custeadas pelos empresários Mário Costa, a Lomy Engenharia, Maninho Brandão e Doutor Nélio Carniato.

Duplicação da Etelvino Pereira dos Santos (33).JPG


Compartilhe esta notícia!