14.4 C
Araçatuba
quarta-feira, maio 18, 2022

INCÊNDIO VOLTA A ATINGIR EXTENSA ÁREA DE FAZENDA EM ARAÇATUBA

Um novo incêndio voltou atingir uma fazenda localizada próxima à estrada do bairro Ribeiro do Vale, em Araçatuba, na tarde de quarta-feira (05). Foi o segundo caso na mesma propriedade em menos de cinco dias. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso.

O tempo seco continua sendo um fator preponderante para que a vegetação fique seca e, assim, esteja mais suscetível a incêndios. Em Araçatuba, o problema se repete todos os dias nesta época do ano, mas agora a polícia investiga se um desses casos pode ter sido até mesmo criminoso, já que pela segunda vez a fazenda foi atingida pelas chamas.

O administrador da área, de 30 anos, e a advogada, de 36 anos, procuraram a Central de Flagrantes durante a noite de quarta para registrar um novo boletim de ocorrência. Eles contaram em depoimento aos investigadores que o fogo começou por volta de meio dia do lado oposto do primeiro incêndio.

As chamas se espalharam rapidamente, ficando fora de controle. Aproximadamente 64 hectares de plantação de cana-de-açúcar foram queimados, além de três hectares de uma área de preservação permanente. O combate durou o dia todo e contou com a ajuda de caminhões-pipa de usinas sucroalcooleiras da região.

A Polícia Civil vai investigar o segundo incêndio pelo terceiro distrito policial do município. Até agora as causas são desconhecidas, por isso foi requisitado a presença da perícia técnica no local. O laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nas apurações.

PRIMEIRO CASO
O fogo começou por volta das 15h do último sábado (01) e rapidamente se alastrou pela propriedade que está localizada na estrada do bairro Ribeiro do Vale. Toda a área tem 911 hectares. Segundo o administrador da fazenda, 230 hectares foram queimados, 60 deles de uma área de preservação ambiental.

A advogada da fazenda, que também esteve na Central de Flagrantes, contou que minutos antes das chamas começarem, viu um veículo VW/Gol e uma caminhonete estacionando às margens da plantação. Por esse motivo, os representantes desconfiam que o incêndio tenha sido criminoso.

O fogo durou mais aproximadamente 16 horas e foi controlado por equipes de uma usina sucroalcooleira do município, que utilizaram diversos caminhões-pipa no combate ao incêndio.

No mesmo dia, um pouco mais cedo, um incêndio também atingiu um alqueire de uma chácara na zona urbana de Araçatuba, no bairro Traitu. As equipes tiveram muito trabalho. Foram quatro viaturas deslocadas para atendimento com cerca de dez homens. Segundo o tenente Atílio, responsável pela operação de combate, mais de 15 mil litros de água foram usados no combate às chamas. A fumaça podia ser enxergada a quilômetros de distância do local. As causas também serão investigadas.

Vitor Moretti

Ultimas Noticias