Mortes por covid foram confirmadas na Santa Casa

Hospitais da região ficam próximos do limite de ocupação de leitos para tratamento da covid-19

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Alguns hospitais da área de cobertura do SRC estão praticamente sem leitos de UTI para abrigar pacientes acometidos pela covid-19. As cidades de Birigui, Três Lagoas e Andradina estão com altos índices de ocupação.

A Santa Casa de Birigui atingiu 100% de leitos ocupados entre enfermaria e UTI, com todos os 22 leitos nas duas alas sendo utilizados por pacientes com casos confirmados ou suspeitos da doença.

O Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, de Três Lagoas, já havia chegado, no início desta semana, a 90% de ocupação em leitos de UTI, com nove pacientes internados em dez leitos disponíveis.

Já a Santa Casa de Andradina, segundo seu último boletim divulgado até o fechamento desta edição, tinha 80% de sua UTI ocupada, com oito pacientes internados em um local que possui 10 leitos.

Em compensação, outros hospitais públicos estão mais desafogados. Em Araçatuba, por exemplo, o índice de ocupação da UTI da Santa Casa está em 24%, com 6 pacientes internados em 25 leitos. Já o Hospital de Campanha de Penápolis tem 50% de ocupação na UTI, com 5 internados em dez leitos.

Araçatuba

Foram 57 casos e uma nova morte de paciente por coronavírus nesta terça-feira, em Araçatuba. Agora são 8.678 casos confirmados e 197 óbitos.

A paciente faleceu no dia 8 de dezembro e era uma mulher de 79 anos que só ontem teve seu diagnóstico confirmados para covid-19, uma semana após seu falecimento.

São 529 pacientes aguardando resultados de exames e 1.133 que estão em monitoramento domiciliar.

São 33 pacientes de Araçatuba e região internados nos hospitais da cidade. A Santa Casa está com 21 internados, sendo 14 na enfermaria e 7 na UTI. Já o Hospital Unimed está com 12 pessoas em tratamento, sendo 5 na enfermaria e 7 na UTI.

Birigui

Em Birigui, até agora, a prefeitura confirmou 4.180 pessoas que já infectaram com o novo coronavírus e 107 óbitos já foram confirmados.

95 pacientes aguardam resultados de exames, enquanto 3.824 já estão curados da doença.

A Santa Casa de Birigui possui 22 pacientes internados nos 22 leitos disponíveis no local. Já o Hospital da Unimed está com 8 pacientes em tratamento, sendo 6 na enfermaria e 2 na UTI.

Alguns pacientes da cidade estão sendo tratados em hospitais de Araçatuba e no Hospital de Campanha de Penápolis

Andradina

A Santa Casa de Andradina está com 17 pessoas em tratamento contra sintomas da covid-19. São 9 na enfermaria, onde há espaço para 15; e 8 na UTI, onde há espaço para 10. Dentre os pacientes que estão na UTI, são 5 utilizando respiradores.

Andradina tem, até o momento, 2.095 casos e 62 óbitos por causa da doença.

Penápolis

Por um problema na plataforma E-SUS, Penápolis não divulgou a atualização de casos nesta terça-feira, mantendo 1.988 infectados e 45 óbitos como número oficial sobre a covid-19 até aqui.

No Hospital de Campanha agora são 19 pessoas internadas, uma a mais que na segunda-feira. 13 delas estão na enfermaria, 5 na UTI e uma em leito de suporte ventilatório.

São 7 pacientes de Penápolis internados e os demais são de Birigui, Buritama, Castilho e Glicério.

Guararapes

Guararapes registrou 14 novos casos de covid-19, elevando para 931 o número de infectados. 13 óbitos já foram registrados.

São 33 pessoas aguardando resultados de exames e 780 recuperados da doença. São seis pessoas internadas, sendo 5 em Guararapes e uma em Araçatuba.

Lins

Foram 15 novos casos confirmados em 24 horas em Lins, fazendo a cidade chegar a 3.600 casos. O número de óbitos segue em 49.

Foram mais 3 curados, elevando o número de recuperados para 3.490.

São 9 pessoas internadas, sendo três em tratamento na enfermaria e seis na UTI.

Liminar

Após pedido da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, o Tribunal de Justiça de São Paulo suspendeu na noite de segunda-feira, através de uma liminar, a decisão que havia sido imposta pelo governo do estado de SP, proibindo a venda de bebidas alcoólicas em restaurantes e similares após às 20h.

A alegação para o pedido de liminar da associação é que não há nada cientificamente comprovado que relacione os casos de covid-19 e o consumo de álcool.

De acordo com nota do estado de SP, a decisão havia sido tomada após dicas passadas por médicos ao Comitê de Combate à Covid-19 no estado, devido ao aumento do número de casos entre jovens.

Com a liminar, restaurantes e outros locais podem vender bebidas para consumo local até às 22h. Os bares devem fechar às 20h, conforme decreto estadual.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Mães voltam a protestar contra o fechamento de escolas

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O mesmo grupo de mães que esteve na noite …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *