Home Cidades Araçatuba Golpe no WhatsApp vem causando dor de cabeça em Araçatubenses

Golpe no WhatsApp vem causando dor de cabeça em Araçatubenses

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

A inclusão digital tem atingido a todos, inclusive os golpistas. Cada dia são mais comuns os golpes envolvendo internet em nosso cotidiano, onde os bandidos sempre tem criatividade para descobrir um modo novo de lesar financeiramente os mais inocentes.

Em Araçatuba, uma onda de WhatsApps clonados gerou dor de cabeça para varias pessoas esses dias. O golpe é o seguinte: Os bandidos entram em contato por telefone e enviam um SMS com um número de protocolo, onde conseguem abrir uma versão remota do WhatsApp da pessoa (como a função WhatsApp web) e começa a mandar mensagens para os contatos recentes, normalmente perguntando se pode falar, e se a pessoa pode fazer um pagamento via transferencia pra ele dizendo que excedeu o limite do dia e que no dia seguinte vai devolver o valor.

Em seguida passam dados bancários e nome do titular de alguma conta, com algum valor estipulado. Muitas vezes caso a pessoa responda que não tem este valor na conta, os golpistas acabam aceitando qualquer quantia menor, dizendo que vai tentar inteirar o valor com outra pessoa.

Nesse tipo de situação, parentes próximos e amigos acabam as vezes por falta de informação fazendo a transferencia, achando que estão falando com o dono original do WhatsApp.

Foi o que aconteceu com o palestrante Osnei Ferracioli, que recebeu uma ligação, onde o rapaz falou que iria enviar um código via SMS e ao ter o sms confirmado, ele começou a fazer perguntas como nome completo e cpf. Osnei desligou o telefone mas foi o suficiente para o golpe funcionar “É uma situação desesperadora, porque você perde o controle do seu Whatsapp” disse.

Depois de receber várias ligações de amigos, ele começou a pedir para as pessoas denunciarem o WhatsApp dele, foi a delegacia fazer um boletim de ocorrência, desinstalou o aplicativo e depois de algumas horas, conseguiu reativar seu aplicativo de mensagens. Por sorte, segundo Osnei, nenhum conhecido depositou dinheiro.

A imagem pode conter: texto que diz "23% 18:15 Osnei Ferracioli online Pode falar? 17:58 Opa 18:10 Pode 18:10 Consegue fazer um pagamento via transferência pra mim? Fiz duas hoje e excedeu meu limite amanhã libera e te transfiro 18:10 Opa passa ai 18:11 De qual banco você vai transferir? 18:12 Bradesco 18:12 Ag 1974 Cc 0039920-5 Caio Cesar sândalo 18:12 18:12 Valor 3.100 Digite uma mens..."

Outro golpe também vinculado ao WhatsApp e que vem causando transtorno consiste nos golpistas acharem em redes sociais o nome e telefone de parentes de alguma vitima, e após pegar uma foto de perfil falsa, entra em contato dizendo que trocou de telefone

Caso o golpe seja identificado, o recomendado é que o usuário desative o aplicativo do smartphone e também da versão web, faça o download novamente e tente entrar com o número como se estivesse sendo feito pela primeira vez. Será enviado uma confirmação por SMS com o código de ativação e assim que o usuário conectar em seu aparelho, quem estiver logado com o número clonado será desconectado automaticamente.

E não se esqueça de registrar um Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima. 

Para evitar golpes do tipo, os usuários devem sempre usar algumas dicas de segurança como:

– Não fornecer dados, senhas, códigos etc.;

– Não acreditar em ofertas de ajuda, sorteio, dinheiro etc. enviadas pelo WhatsApp, redes sociais, e-mails e não clicar nesses links;

-Não confiar e não compartilhar links e informações dos quais não tenha certeza da origem;

-Não preencher formulários que não estejam em sites oficiais;

-Baixar aplicativos apenas das lojas oficiais;

-Em caso de dúvidas ou dificuldades, procurar um familiar ou amigo que possa ajudar;


Compartilhe esta notícia!