Estado formaliza convênio para rotatória

Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – BIRIGUI

Penápolis dará hoje mais um passo importante para a construção da tão esperada “rotatória da Bonolat”, como já está batizada antes mesmo de nascer o dispositivo a ser construído na vicinal Arnaldo Covolan em frente a uma fábrica de laticínio ali instalada. Está previsto para ser publicado hoje o convênio de R$ 3,7 milhões com o Estado autorizado em 29 de agosto pelo vice-governador Rodrigo Garcia (DEM), durante visita ao município.
Em entrevista ao jornal O LIBERAL REGIONAL, o prefeito Célio de Oliveira (sem partido) afirmou que, a partir dessa publicação, os trâmites serão mais rápidos. “Só estamos esperando essa publicação”, afirmou. Segundo ele, já está preparada a licitação destinada à contratação da empresa que realizará a obra, que também precisa ser publicada. Feito isso, ele acredita que, em 30 dias, estará definida a empresa responsável pela execução do serviço.
De acordo com o projeto apresentado pelo Executivo, a rotatória deve ser concluídea em até dois anos. Com o pleno funcionamento da fábrica, a expectativa é de que sejam gerados cerca de 300 empregos diretos e até 600 indiretos. No que diz respeito à produção, a estimativa é de aproximadamente 500 mil litros de leite por dia. Porém, num futuro não muito distante, projeta-se o alcance de um milhão de litros diários.
A obra é considerada importante para o escoamento de toda a produção leiteira da fábrica. Com as atividades da Bonolat, espera-se que de 70 a 80 caminhões, por dia, trafeguem pelo local.
IMPASSE
Anunciada em 2015, ainda na primeira gestão de Célio à frente da administração municipal, a construção da rotatória em frente àquela que será uma das maiores empresas da cidade começou a virar realidade neste ano.
Para a efetivação da doação de área no distrito industrial para instalação da empresa, foi necessária a assinatura de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o Ministério Público.
Depois, veio outro entrave. No final de 2018, o município chegou a firmar o mesmo convênio para a rotatória, mas, em janeiro deste ano, o governador João Doria (PSDB) a incluiu em um extenso pacote de rescisões contratuais a fim de cortar despesas no Estado. A retomada do convênio se deu após tratativas de Célio com o vice-governador, seu ex-colega de partido. Apesar de, hoje, não estar filiado a nenhuma agremiação partidária, o prefeito de Penápolis militou, durante a maior parte de sua trajetória política, no antigo PFL (atual DEM, partido de Rodrigo).

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Araçatuba tem forte nevoeiro neste sábado após queda na temperatura

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Araçatuba despertou neste sábado (12) com um forte nevoeiro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *