O Governador do Estado de São Paulo João Doria durante Coletiva de Imprensa da Área do Governo e da Área da Saúde. Dia:22/02/2021 Local: São Paulo/SP Foto: Governo do Estado de São Paulo

Estado deve anunciar novas restrições amanhã, mas Araçatuba tem expectativa de ficar na fase amarela

Compartilhe esta notícia!

O governo do estado de São Paulo deverá endurecer já nesta quarta-feira (24) as restrições impostas pelo Plano São Paulo depois de registrar o maior número de pacientes com Covid-19 internados em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) desde o início da pandemia. Até essa segunda-feira (22) eram 6.410 pessoas hospitalizadas nessas condições. Apesar disso, a região coordenada pela DRS (Departamento Regional de Saúde) de Araçatuba apresentava situação tranquila em números de internações em enfermarias e UTIs, o que traz a expectativa de que a área continue na fase amarela.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, o secretário-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus, João Gabbardo, disse que no pico da pandemia, em julho do ano passado, o estado registrou 6.257 pacientes em UTIs. Para ele, os pacientes têm sido internados em condições piores, já que estão permanecendo mais tempo em nos leitos do tipo.

Por conta disso, o Comitê já estuda endurecer as regras o mais rápido possível. O anúncio será amanhã. “São recomendações que, obviamente, vão tratar da redução da mobilidade, redução da movimentação de pessoas e é o que a gente pode fazer nesse momento para reduzir a transmissibilidade”. As novas medidas que serão anunciadas devem começar a valer já na sexta-feira (26).

Em relação à última semana, o estado teve aumento de 5,6% na média diária de novas internações. Já a ocupação de leitos de UTI é de 67,9%. Ainda durante a entrevista coletiva, o governador João Doria informou que na sexta também será anunciado um novo calendário com as próximas etapas de vacinação por faixa etária no estado.

REGIÃO

Na região de Araçatuba, a situação é tranquila em comparação com outras áreas do estado, mas ainda assim exige atenção. Boletim sobre a Covid-19 atualizado na tarde dessa segunda-feira mostrava que a regional tinha uma média de 10,1 mortes por cem mil habitantes nos últimos 14 dias. Nas últimas duas semanas, 31,5 internações foram contabilizadas a cada cem mil habitantes. A ocupação de leitos de enfermaria nos hospitais registrava índice de 35% e os de UTI, 56,4%.

A cidade de Araçatuba registrou três novas mortes no fim de semana. Os pacientes estavam internados na Santa Casa. A primeira morte ocorreu na tarde de domingo (21). O paciente de 86 anos estava internado desde o dia 13 de fevereiro. A segunda morte foi algumas horas depois. Um idoso de 93 anos não resistiu após cinco dias internado. A última morte foi contabilizada na manhã de segunda. O homem de 72 anos estava hospitalizado desde o dia cinco de fevereiro.

Cem novos casos de Covid-19 foram registrados desde sexta-feira na cidade. O que chama mais a atenção é que 12 novas internações também foram contabilizadas, dez destas no Hospital Unimed e as outras duas na Santa Casa. Esta, tinha 50 pacientes internados até o fechamento dessa edição, quatro a mais do que na segunda-feira passada, dia 15 de fevereiro. O índice de ocupação dos leitos disponíveis até ontem era de 52%.

Já o Hospital Unimed tem 27 pacientes hospitalizados com suspeita e confirmação da doença, três a mais do que há uma semana. Destes, 14 estão na UTI, incluindo uma criança e 11 encontram-se intubados e em ventilação mecânica.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Mais dois suspeitos de participação nos ataques a bancos de Araçatuba foram presos

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Dois suspeitos de participação nos ataques a bancos de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *