Durante 18 anos, moradores guardou panfleto sobre asfalto do Mão Divina

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Nessa terça-feira (19) de manhã, prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, em companhia do vereadora Antônio Edwaldo Dunga Costa, visitou os bairros Mão Divina e Esplanada, a conferir o andamento das obras e conversar com moradores das localidades.
O morador do bairro Mão Divina, José Antônio, acompanhado de sua esposa Maria e suas crianças, mostrou ao prefeito um exemplar de material impresso de divulgação distribuído pela prefeitura em 2001, como convite à população para assinatura de ordem de serviço às obras do asfalto nos bairros São José e Mão Divina.
O material foi guardado pelo morador, que zelou pela conservação do folheto, plastificando-o.
A data do evento no convite era 16 de dezembro daquele ano, em que a assinatura ocorreria ás 21h , em local na rua Paulino Gato com a rua Marcelino Stopa, em homenagem ao 93º aniversário da cidade.
O texto incentivava a participação dos munícipes e familiares, com dizeres como “você que esperou tanto tempo pelo asfalto de graça, chegou a sua hora” e “é o asfalto de graça chegando até você”.
Dilador Borges respondeu a José Antônio que não seria possível que ele usasse a atual ordem de serviço para repetir a reclamação no futuro, sem realização. “Você vai poder plastificar um jornal com a notícia da obra finalizada, se Deus quiser, em poucos meses”, apalavrou o prefeito.
José Antônio lembrou que fora dito, à época, que o bairro Mão Divina seria entregue em 1990 com asfalto pronto e Dona Maria falou da promessa que resultou em espera de muitos anos. “Agora também está chegando o Cidade Legal, que logo, logo, vai entregar nossas escrituras e eu já me cadastrei”, lembrou o morador.
O Programa Cidade Legal realizou, em janeiro e fevereiro de 2019, o atendimento à população do bairro Mão Divina, composto por 496 lotes, para levantamento de moradores e suas documentações, para futura regularização fundiária do Conjunto Habitacional e cessão de escrituras dos imóveis. O processo é executado em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, convênio com os municípios para facilitar a titulação, dar garantia jurídica do direito de posse às famílias, regularizando os núcleos que encontram-se sem documentação legal.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Final de tarde registra ventos fortes e chuva com granizo em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!A tão esperada chuva chegou a Araçatuba no final da tarde deste domingo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *