Home Cidades Araçatuba Domínio tucano se mantém em disputa marcada por derrota de grupos tradicionais

Domínio tucano se mantém em disputa marcada por derrota de grupos tradicionais

11 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

Numa eleição marcada por uma renovação considerável nas casas legislativas da região, nas disputas pelas prefeituras, o que se viu, em algumas cidades, foi a derrota de grupos políticos tradicionais. Por outro lado, o PSDB se manteve como o detentor do maior número de administrações municipais, condição que ostenta, na região, há quase 20 anos.

Considerando os 43 municípios da região de Araçatuba e os seis da microrregião de Lins e quatro da área de Três Lagoas (MS), os tucanos venceram a corrida por 19 prefeituras. Dentre elas, estão duas das maiores em São Paulo: Andradina e Araçatuba  e Três Lagoas, a terceira maior cidade de Mato nGrosso do Sul. O segundo maior vencedor nessas três regiões foi o MDB, que triunfou em sete. O crescimento regional de PSDB e MDB caminha na contramão nacional. No Brasil, ambos os partidos perderam mais do que ganharam.

Na sequência, vêm DEM e Podemos, cada um com cinco. Antigo PTN, o Podemos disputou, neste ano, sua primeira eleição municipal.

É justamente contra o jovem partido político que o Democratas tenta conquistar sua sexta prefeitura na região. Em Piacatu, o candidato democrata e atual prefeito, Euclásio Garrutti está sub judice, apesar de ter sido o mais votado no domingo. O segundo colocado no pleito, Markinho do Mazão (Podemos), recebeu 922 votos – 27,28% da votação válida.

Na quinta posição, aparecem o Republicanos e o PTB, cada um com quatro municípios. Apesar de ter visto sua influência encolher no território regional, os petebistas venceram em Guararapes, onde o atual prefeito, Tarek Dargham, começará, em janeiro, seu quinto mandato. Na eleição de domingo, ele recebeu 8.156 votos (51,56%). Sua adversária mais próxima foi Sofia Pardinho (SDD), que obteve 6.424 votos (40,60% do total).

Com candidatos identificados com Jair Bolsonaro, o PSL venceu em duas importantes cidades da região: Birigui (Leandro Maffeis) e Mirandópolis (Everton Sodario, prefeito reeleito). Apesar de o presidente da República não estar mais nesse partido, os candidatos da sigla associaram, ao máximo, suas candidaturas a Bolsonaro. PP e PSD venceram, cada um, em dois municípios também. Uma das cidades vencidas pelo PSD foi Penápolis, com o ex-vereador Caíque Rossi, numa disputa acirrada contra o atual vice-prefeito, Carlos Roberto Feltrin (MDB).

PL, PSB e PSC ganharam, cada um, em um município da região.

DERROCADA

As vitórias do PSL e do PSD em Birigui e Penápolis, respectivamente, representaram também a derrota de grupos políticos tradicionais.

No Polo Calçadista Infantil, Maffeis derrotu o grupo do deputado Roquinho Barbiere (PTB), cacique que, há anos, exerce forte influência na política local. O prefeito Cristiano Salmeirão, que foi candidato à reeleião, é ligado ao parlamentar. Já em Penápolis, o PSD de Caíque derrotou o candidato apoiado pelo prefeito Célio de Oliveira (sem partido) que, antes das duas vitórias consecutivas para o Executivo em 2012 e 2016, fora vereador por quatro mandatos.

Em Andradina, a vitória de Mário Celso (PSDB) foi uma derrota para o grupo político do ex-prefeito Jamil Ono (Podemos), que estava no poder havia 12 anos – oito com o próprio Jamil e os últimos quatro com a atual prefeita, Tamiko Inoue.

Situação semelhante pôde ser observada em pelo menos outras três cidades de pequeno porte populacional. Em Nova Independência, a vitória do candidato do Fernandinho (PTB) tira do poder a família Joanini que, há pelo menos duas décadas, revezava seus representantes no poder. Primeiro, com Valdemir Joanini; depois, sua esposa, Neusa; e a atual prefeita, Thauana Duarte, nora do casal. Outra vitória do PTB que derrubou um grupo forte ocorreu em Nova Luzitânia. Lá, o candidato Patinho derrotou o atual prefeito, Laerte Rocha (PSDB), por apenas 200 votos de diferença. Laerte está em seu terceiro mandato e, mesmo quando não governou a cidade, fazia seu sucessor. Ele é ainda coordenador regional do PSDB. Em Murutinga do Sul, o tucano Gilson Pimentel, também, foi derrotado

Já em Castilho, o ex-prefeito Joni Buachero (PSDB), que governou a cidade por três mandato, sofreu uma elástica derrota para Paulo Boaventura: 62,92% a 31,83%.

CIDADE PREFEITO PARTIDO VOTOS %
         
Alto Alegre Carlinhos Sussumi MDB 1,522 52.07%
Andradina Mário Celso PSDB 24,960 72.27%
Araçatuba Dilador B. Damasceno PSDB 41,162 43.77%
Auriflama Kátia esposa Pref Junior MDB 4,364 51.51%
Avanhandava Ciro PSDB 4,788 82.71%
Barbosa Rodrigo PSDB 2,128 52.05%
Bento de Abreu Zé Luiz MDB 830 45.70%
Bilac Vitor Botini PSDB 3,288 100%
Birigui Leandro Maffeis PSL 25,480 48.76%
Braúna Heitor PODE 1,808 52.42%
Buritama Rodrigo do Adalberto REPUBLICANOS 6,753 72.84%
Castilho Paulo Boaventura REPUBLICANOS 7,435 62.92%
Clementina Nelson PSDB 2,026 46.51%
Coroados Terezinha DEM 1,736 54.49%
Gabriel Monteiro Coca PSDB 1,254 61.47%
Gastão Vidigal Tião Bertino DEM 1,201 49.10%
General Salgado Katiazão PTB 2,602 43.24%
Glicério Ildo Gaúcho PSDB 1,526 49.10%
Guaraçai Airton Gomes PSDB 1,932 39.48%
Guararapes Tarek PTB 8,159 51.56%
Guzolândia Márcio Cardoso PODE 1,506 54.47%
Ilha Solteira Otávio Gomes PSDB 7,200 52.63%
Itapura Fábio Dourado PP PP 1,539 54.65%
Lavínia Salvado Matsunaka PSDB 1,351 43.82%
Lourdes Odecio PSDB 773 47.86%
Luiziânia Rogélio DEM 2,130 66.48%
Mirandópolis Everton Sodário PSL 8,303 67.85%
Murutinga do ul Cristiano PODE 865 31.14%
Nova Castilho Lúcio Bisqui MDB 537 48.73%
Nova Independêndia Fernandinho PTB 1,539 57.06%
Nova Luzitânia Patinho PTB 1,239 54.01%
Penápolis Caique Rossi PSD 10,059 35.49%
Pereira Barreto Joãozinho PL 7,308 56.59%
Piacatu Garruti DEM 2,458 72.72%
Piacatu Markinho do Mazão PODE 922 27.28%
Rubiácea Júlio PSB 1,056 56.17%
Santo Antonio do Aracanguá Roberto Doná PSDB 3,030 52.41%
Santópolis do Aguapeí Lôi DEM 1,829 100%
São João de Iracema Bidila mdb 771 52.88%
Sud Mennucci Lio da Camac REPUBLICANOS 2,348 48.18%
Suzanápolis Tum PSDB 1,196 51.51%
Turiúba Nandão MDB 958 69.07%
Valparaíso Xandy do Real PSC 4,063 34.83%

 

 

 

LINS

Cafelândia Taís Contieri PODE 3.046 34,02%
Getulina Toninho Maia PSDB 2.418 43,20%
Guaimbê Márcia PSDB 2.226 61,92%
Lins Dr. João Pandolfi PP 16.143 44,44%
Promissão Dr. Artur PSDB 9.141 49,51%
Sabino Dinho REPUBLICANOS 2.402 71,02%

 

TRÊS LAGOAS

Água Clara Gerolina PSD 3.605 42,25%
Brasilândia Dr. Antônio MDB 3.936 64,61%
Selvíria Dr. Fernando PSDB 3.558 65,16%
Três Lagoas Angelo Guerreiro PSDB 33.331 63,92%

 

 


Compartilhe esta notícia!