BÔNUS - Dinheiro extra em novembro para comerciários com mais de 90 dias na empresa

Dia do Comerciário dá bônus de um ou dois trinta avos no salário de outubro

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Todos os comerciários em dia com as contribuições sindicais terão um bônus de um ou dois trinta avos no salário de outubro, a ser pago no início de novembro. O bônus é uma gratificação referente ao Dia do Comerciário, comemorado em 30 de outubro, e contempla os funcionários de lojas varejistas, supermercados, concessionárias de veículos e farmácias/drogarias.
Para ter direito a um dia a mais (um trinta avos) no próximo pagamento, o comerciário precisa ter ao menos 90 dias na empresa. Neste caso, se o salário for R$ 3.000,00, receberá R$ 3.100,00. Se tiver ao menos 180 dias, o bônus será de dois trinta avos, que é R$ 200,00 e o próximo pagamento terá de ser R$ 3.200,00. A empresa pode negociar com o empregado o pagamento do bônus com um ou dois dias de folga.
O bônus consta das convenções coletivas de trabalho (CCTs) firmadas entre o Sindicato dos Comerciários de Araçatuba e Região (Sincomerciários) e os sindicatos patronais responsáveis pelo comércio varejista estabelecidos em ruas, calçadões e shoppings. Os trabalhadores de farmácias/drogarias e de concessionárias de veículos estão amparados pelas CCTs firmadas em âmbito estadual entre as federações patronais e a Federação dos Empregados no Comércio (Fecomerciários), à qual o Sincomerciários é filiado.

HISTÓRICO
No início do século passado, os caixeiros, como eram chamados os empregados no comércio, trabalhavam até 12 horas por dia. Na manhã de 29 de outubro de 1932, os caixeiros do Rio de Janeiro deram início a uma marcha pela redução da jornada de trabalho. Ao longo da caminhada, outros profissionais se juntaram a eles e quando chegaram ao Palácio do Catete, então sede do governo federal, somavam mais de cinco mil trabalhadores.
O presidente da República na época, Getúlio Vargas, atendeu à reivindicação e no mesmo dia assinou o decreto-lei 4.052/1932, publicando-o no dia 30 de outubro, que se tornou o Dia do Comerciário. A partir de então, outras categorias passaram a ter jornada diária de oito horas. Entretanto, a regulamentação da profissão de comerciário só se tornou realidade através da lei 12.790/2013, assinada pela presidente Dilma Rousseff.

Veja também

Atamor fará visitas a hospitais de todo o Brasil a partir de 2022; fundador pede doação de novelos de lã

Diego Fernandes – Araçatuba O grupo Atamor, de Araçatuba, que realiza ações no setor oncológico …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *