Home Cidades Araçatuba Detran flagra irregularidades em autoescola da região

Detran flagra irregularidades em autoescola da região

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Agentes do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Araçatuba flagraram irregularidades em uma autoescola localizada na rua Seis de Junho, no centro de Guararapes, região de Araçatuba. Um boletim de ocorrência foi registrada na delegacia durante a noite de quinta-feira (25). O estabelecimento corre até mesmo o risco de ser descredenciado juntamente ao departamento.

Conforme informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o órgão já tinha recebido denúncias a respeito das irregularidades na autoescola. Durante a noite de quinta, os agentes decidiram fazer uma visita surpresa na cidade a fim de verificar a autenticidade das informações.

Era por volta das 19h quando os funcionários chegaram ao município. Em poucos minutos, a primeira irregularidade foi constatada. Um ônibus utilizado para aulas práticas, que naquele horário deveria estar sendo usado pelo instrutor e aluno segundo o que foi registrado no sistema, estava estacionado em frente a um posto de combustíveis sem ninguém em seu interior.

Na sequência, os agentes dirigiram-se até a autoescola. Chegando lá, mais uma irregularidade. Outro veículo estava estacionado sem ninguém em seu interior, mas no sistema do Detran havia o registro de que o automóvel deveria estar em procedimento preparatório.

Já dentro do estabelecimento, os funcionários também perceberam que a aula teórica não estava acontecendo e o horário da mesma era das 19h às 22h. Duas instrutoras, de 32 e 33 anos de idade, além de um instrutor, de 30, não souberam responder às perguntas realizadas. Em alguns minutos, os alunos que deveriam estar no local começaram a chegar em sequência.

Diante de todas essas informações e flagrantes, um boletim de ocorrência foi registrado pelo Detran na Central de Flagrantes de Araçatuba. O delegado plantonista registrou o caso como inserção de dados falsos em sistema de informações e vai abrir inquérito para investigar a situação. A pena para esse tipo de crime é de dois a 12 anos de prisão.

DESCREDENCIAMENTO

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL entrou em contato com a assessoria de imprensa do Detran, que confirmou as irregularidades encontradas. “Durante ação de fiscalização, agentes do Detran.SP verificaram que uma aula prática e duas aulas teóricas cadastradas no sistema e-CNH para aquele horário não estavam ocorrendo de fato”.

A nota finaliza informando que a autoescola poderá ter as atividades suspensas e até mesmo ser descredenciada. “Após a abertura do processo e sua publicação no Diário Oficial, a autoescola poderá ter suas atividades suspensas preventivamente por 30 dias e responderá a processos administrativos no Detran.SP, que pode resultar no descredenciamento. Como garante a Constituição Federal, a empresa terá direito a apresentar defesa antes da conclusão do processo”, finalizou.

A equipe tentou entrar em contato com os representantes da autoescola, mas não obteve retorno até o fechamento dessa edição.

Vitor Moretti
Araçatuba


Compartilhe esta notícia!