22.5 C
Araçatuba
quinta-feira, junho 30, 2022

Coração captado em Araçatuba já pulsa em outra pessoa

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O coração captado segunda-feira (23) de um paciente de 30 anos, que teve morte cerebral constatada no domingo (22) na Santa Casa de Araçatuba já está batendo em outra pessoa. De acordo com o cirurgião Ronaldo Honorato, integrante da equipe de transplantes do Instituto do Coração de São Paulo, “a pessoa receptora se recupera bem, em que pese a gravidade do quadro clínico” que precedeu o procedimento.

 Honorato esteve em Araçatuba para fazer a coleta do órgão e participou do transplante em paciente que já estava internada no Incor.

O procedimento cirúrgico começou às 20h30 de segunda-feira e foi concluído por volta das 2h desta terça-feira (24).

 Honorato agradeceu mais uma vez aos pais do paciente doador, “pelo ato de amor ao próximo, mesmo em momento de tanta dor”, e cumprimentou a equipe da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT), e direção da Santa Casa de Araçatuba “pelo comprometimento com os transplantes de órgãos e estrutura que tem possibilitado a efetivação das captações”.

O cirurgião informou que a pessoa transplantada “se recupera satisfatoriamente e tem uma grande chance de ficar bem”.

 

MARATONA DO CIRURGIÃO

O doutor Ronaldo Honorato, que atua na equipe de transplantes do Incor é referência no setor no país, cumpriu verdadeira maratona na segunda-feira (24). Saiu no fim da manhã de São Paulo para Araçatuba. Trabalhou na captação do coração e retornou à capital para o transplante. A cirurgia terminou por volta de 2 horas. O médico acompanhou tudo até o fim.

 

Ultimas Noticias