Home Cidades Araçatuba Casa é destruída em incêndio e moradora sofre ferimentos

Casa é destruída em incêndio e moradora sofre ferimentos

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Um incêndio destruiu uma residência localizada na rua Tereza de Souza Costa, no bairro Jardim Morumbi, em Araçatuba. No local, moravam um idoso de 86 anos de idade e a filha, de aproximadamente 60. Ela dormia no momento que o fogo começou e foi socorrida com uma queimadura no braço até o Pronto-Socorro Municipal.
“Olha lá, parece que ‘ tá’ saindo mais fumaça branca da casa”. As palavras são de Mário Ito, proprietário do imóvel queimado pelas chamas. Aos seus 86 anos e com forte sotaque japonês, ele não acreditava no que via logo à sua frente. Teve que ser amparado pelas equipes do Corpo de Bombeiros, já que queria a qualquer custo entrar na casa, que àquela altura já estava condenada pela força do incêndio. O idoso foi chamado pelos vizinhos enquanto trabalhava em uma igreja budista que fica a poucos metros de distância de onde morava.
O incêndio começou por volta das 8h30 de quarta-feira (12). Uma vizinha percebeu a fumaça que saía do interior do imóvel. “A vizinha veio me chamar que estava saindo fumaça da casa do seo Mário. Eu olhei e já vi que estava saindo fogo pela janela. Foi, então, que eu peguei o meu celular e liguei para os Bombeiros”, contou à reportagem Dolores Garcia Carvalho, vizinha do imóvel.
A moradora teve que ser socorrida por uma unidade do Resgate. Ela foi encaminhada até o Pronto-Socorro Municipal com uma queimadura no braço, além de ter inalado muita fumaça. Ela recebeu atendimento médico, foi medicada e liberada algumas horas depois.
As primeiras equipes chegaram até o endereço poucos minutos depois e começaram a controlar as chamas do lado externo da residência. A grande dificuldade encontrada foi a quantidade de objetos acumulados no interior da casa.
“Trata-se de uma residência geminada. O incêndio se concentrou em um local isolado da casa. Lá dentro havia muito material, muito entulho, o que dificultou até chegar ao foco do incêndio”, comentou o tenente do Corpo de Bombeiros, Romel Chaparro.
Cerca de 30 minutos depois, o fogo foi controlado. Os bombeiros entraram no imóvel e começaram a fazer o rescaldo no interior da residência. A parte estrutural foi abalada por conta do fogo, por isso a Defesa Civil decidiu interditar a construção.
“O incêndio foi controlado bem rápido. O rescaldo demorou um pouco mais, tendo em vista a quantidade de objetos no interior da residência. O imóvel ficou muito queimado, teve abalo estrutural e a Defesa Civil foi acionada para fazer a interdição”, concluiu o tenente.

CAUSAS
As hipóteses do que pode ter causado o fogo são muitas. De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, a moradora teria acendido uma vela, que pode ter caído e desencadeado o alastramento das chamas.
Mas segundo o pai dela, o gás da casa havia acabado há cerca de 20 dias e a filha cozinhava com lenha. “Eu falava para ela comprar o gás. Eu tinha um botijão cheio e falava para ela usar, mas não adiantava. Ela falava que ia comprar e não comprou”, revelou o idoso.
O local foi todo isolado até que as equipes dos bombeiros terminassem de fazer o combate. A perícia técnica esteve presente e um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para apontar as causas das chamas. A Polícia Civil iria abrir inquérito para dar andamento às investigações sobre o caso.

Vitor Moretti
Araçatuba


Compartilhe esta notícia!