11.8 C
Araçatuba
quinta-feira, maio 19, 2022

Banco de Alimentos inicia entrega de produtos adquiridos pelo projeto Cesta Verde

DA REDAÇÃO – BIRIGUI

A Prefeitura de Birigui iniciou nessa terça-feira (10) as atividades do projeto Cesta Verde, que visa oferecer alimentos saudáveis a pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional do município. Nesta primeira entrega estão sendo contempladas 77 famílias.

Mas até o final do mês o volume será ampliado para 120. Os kits são compostos por frutas, legumes e verduras da época. O projeto é uma iniciativa realizada entre o Ministério da Cidadania e o Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento.

O prefeito Leandro Maffeis e a secretária de Assistência Social, Silvana Caetano Gomes Leal Milani, acompanharam o início do projeto, acompanhados da diretora de Segurança Alimentar, Regina Biancolin, do diretor do escritório Regional da Secretaria da Agricultura, Washington Massao Oi, e os assistentes do escritório regional, Marcelo Moimas e Fabiano Pantarotto.

 

AGRICULTORES

Os alimentos são comprados diretamente dos agricultores de base familiar, contribuindo com a geração de renda. São cerca de R$ 145 mil repassados para a compra direta de alimentos de produtores locais, integrantes do programa de agricultura familiar cadastrados no próprio projeto.

“O Cesta Verde é uma importante política pública que vai contribuir com uma alimentação saudável às famílias que mais necessitam, além de valorizar e beneficiar também os pequenos produtores, permitindo o escoamento da sua produção e garantindo o retorno financeiro”, destacou Maffeis.

Regina Biancolin explicou que os kits de alimentos serão distribuídos semanalmente, às terças-feiras para famílias acompanhadas pelos Cras (Centros de Referência da Assistência Social) e entidades assistenciais de Birigui, selecionadas seguindo os critérios do projeto Cesta Verde

A diretora do Departamento de Segurança Alimentar disse que com o recurso que começou a ser repassado a previsão é que o projeto possa atender de forma plena até setembro deste ano. “Entre as condições para se beneficiar com o projeto está a inscrição da família no CadÚnico”, concluiu Regina. 

 

 

Ultimas Noticias