Azul cancela voos no aeroporto de Araçatuba e causa transtornos

Compartilhe esta notícia!

VITOR MORETTI – ARAÇATUBA

O fim de semana não foi nada fácil para passageiros da Azul Linhas Aéreas que tinham voos marcados de Araçatuba para o Aeroporto Internacional de Viracopos em Campinas. Dois cancelamentos no domingo (3) geraram transtornos, revolta e muita dor de cabeça. A espera chegou a durar cerca de quatro horas no saguão do aeroporto Dario Guarita.
O primeiro cancelamento foi do voo AD4505, com partida de Araçatuba agendada para às 11h05. A aeronave, de prefixo PR-AQB, chegou a pousar vinda de Campinas. Os passageiros embarcaram e o avião fez todos os procedimentos de táxi até a pista para a decolagem. Acontece que antes de decolar, os pilotos decidiram abortar e voltaram para o pátio do aeroporto após uma falha.
Os passageiros tiveram que desembarcar e ficaram no saguão aguardando informações do que havia acontecido. Um deles foi ouvido pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL e informou que estava muito quente dentro da aeronave, prevendo algum problema no ar-condicionado. Ele foi embora e remarcou o voo para outro horário.
Outro passageiro ouvido pela reportagem estava impaciente sobre a situação e reclamou da falta de informação. “Só falaram pra gente descer. O avião é o melhor meio para quem não tem pressa”, disse durante entrevista.
Por meio de nota, a Azul informou que o voo foi cancelado por conta de uma manutenção não programada na aeronave, mas não informou o motivo. “A Azul reforça que prestou toda a assistência necessária aos seus clientes, conforme prevê a resolução 400 da Anac. A Azul lamenta eventuais aborrecimentos aos seus passageiros, mas ressalta que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações”.
A reportagem apurou que depois de mais de quatro horas, outro avião pousou no aeroporto e decolou por volta das 16h com destino a Campinas.

SEGUNDO CANCELAMENTO
Já durante a noite, o voo AD4507 com previsão de saída às 20h10 também foi cancelado. A reportagem apurou que os passageiros foram realocados em um ônibus e chegaram a Viracopos na manhã de segunda-feira (4). A Azul informou que o segundo cancelamento foi ocasionado por conta do primeiro.
O vendedor Alan Gracindo, que ia para Curitiba, acabou chegando atrasado em seu destino. Ele, que é de Araçatuba, reclamou da falta de estrutura do aeroporto, principalmente por conta do calor no saguão, já que não existe ar-condicionado no local.
“O sentimento é que existe um despreparo da parte do aeroporto, pois o que disseram foi que cancelaram por problemas na documentação. Estava muito calor, assim como dentro da aeronave, pois chegamos a embarcar e esperamos dentro por cerca de 20 minutos”, disse.
PRIVATIZAÇÃO
O Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) informou que tem trabalhado para revitalizar e melhorar as condições dos 21 aeroportos que integram a rede paulista. “Neste sentido, em Araçatuba, está em andamento o projeto para a contratação dos serviços de substituição e reparos de equipamentos do sistema de climatização no terminal de passageiros”, afirmou.
Além disso, o Daesp reafirmou que o aeroporto de Araçatuba está no plano de desestatização do governo. Os estudos estão sendo conduzidos pelo Departamento com assessoria da IOS Partners, uma consultoria internacional contratada para realizar o projeto que vai definir o modelo mais eficiente de gestão e funcionamento.
“A previsão é que os estudos sejam finalizados em novembro. Todo o processo de desestatização dos aeroportos estaduais deve ser concluído no primeiro trimestre de 2020”, revelou.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Prefeitos lançam campanha de arrecadação para a Santa Casa

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – LINS O prefeito de Lins, doutor João Pandolfi e o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *