MERCADO - São mais de duas décadas de modernização e ampliação da área de abrangência comercial

Araguá recebe Selo Fiscal de Controle e Procedência

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

A partir de 1º de janeiro de 2021 será obrigatório o uso do Selo Fiscal de Controle e Procedência para toda embalagem retornável de água mineral, potável de mesa e adicionada de sais, com volume superior a 4 litros. Esse selo deverá constar no lacre dos recipientes, e levará ainda mais segurança aos consumidores.

A Araguá – águas do bem, está regulamentada e apta para receber o selo azul, quando a água é mineral sem nenhum adicional de sais. O selo vermelho constará nas águas adicionadas de sais e o laranja na potável natural.

A obrigação do selo foi comemorada pela Abinam/Sindinam, pois representa um avanço para o mercado das águas do estado, já que além de combater a concorrência desleal, também evitam a falsificação do produto, sonegação de impostos e garante ao consumidor a procedência da água comercializada.

De acordo com o presidente da Abinam, Carlos Alberto Lancia, para comercializar o produto, as empresas precisarão se adaptar às novas regras, o que contribui para combater o mercado informal e exercer maior controle sobre os produtos clandestinos que podem colocar em risco a saúde da população.

Quem descumprir a legislação estará sujeito às sanções determinadas na Lei Federal nº 8.137/90, que define crimes contra a ordem tributária, econômica e relações de consumo.

 

TRAJETÓRIA

José Bauer de Atayde e seu pai, Rodrigo Florêncio de Atayde adquiriram uma propriedade rural no município de Santo Antônio do Aracanguá para fins agropecuários. Devido à falta de água na mesma, foi necessário a perfuração de um poço artesiano. Para a surpresa dos proprietários, a água encontrada era de muito boa qualidade, então os mesmos decidiram começar todas pesquisas necessárias para montar uma fonte de água mineral. A mesma iniciou suas atividades no dia 28 de maio de 1998.

Inicialmente sua linha de produtos limitava-se a galões retornáveis de 10 e 20 litros e contava com apenas 10 funcionários. Dois anos depois, a empresa já possuía um mix de descartáveis como: copos de 200 e 300ml e garrafas de 510 e 1500ml. Em 2008 foi lançada as garrafas de 510 ml com gás e em 2013 as garrafinhas de 350ml com e sem gás. Neste ano a empresa já tinha 60 funcionários diretos e abrange toda região de Araçatuba, até um raio de 250km. Em outubro de 2016 foi lançada a água da Fonte São José, que é uma água com características diferenciadas, alcalina, com um leve toque de vanádio. Em 2018 foi lançado um mix de toda linha levíssima e alcalina com reformulação da marca e novas embalagens, desde copos de 200ml até galões de 20L. Já em 2019 e 2020 a empresa iniciou melhorias na planta industrial para uma melhor eficiência produtiva e apostando em tecnologia. Atualmente a empresa conta com 70 funcionários.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Hospitais vão suspender cirurgias eletivas com fase vermelha

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Como forma de priorizar os atendimentos para pacientes com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *