PONTO - Araçatuba Shopping é um dos pontos de vacinação contra a covid-19 no município

Araçatuba inicia vacinação de pessoas com comorbidades; estado anuncia cronograma acima de 45 anos

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Araçatuba iniciou ontem a vacinação em pessoas que possuem comorbidades com idade entre 55 e 59 anos. A nova etapa foi autorizada pelo estado de São Paulo. Também estão sendo vacinados no município os idosos acima de 60 anos, pessoas com síndrome de down, transplantados e pacientes de diálise e hemodiálise que ainda não tomaram a primeira dose.

Os pontos de vacinação são o Araçatuba Shopping, Shopping Praça Nova, Núcleo de Gestão Assistencial, paróquia São Paulo Apóstolo e o drive-thru do recinto de exposições Clibas de Almeida Prado, que funcionam das 13h às 19h. Já na zona rural, o ponto de vacinação é a UBS do Engenheiro Taveira, das 8h às 19h.

Já os deficientes cadastrados na assistencial social que utilizam o BPC, Benefício de Prestação Continuada, que possuem 50 anos ou mais, também estão recebendo a vacinação, que está sendo agendada para ser feita em domicílio, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

Ontem, o estado anunciou que a vacinação para gestantes e puérperas, com comorbidades, que foi suspensa nesta semana após nota técnica da Anvisa sobre a vacina AstraZeneca, será retomada a partir da próxima segunda-feira, dia 17 de maio.

O governador João Dória (PSDB) também anunciou a vacinação para pessoas com comorbidades entre 50 e 54 anos, que começa no dia 14 de maio, e pessoas com comorbidades entre 45 e 49 anos, que vai começar no dia 21 de maio. Também serão vacinados os motoristas e cobradores do transporte coletivo a partir do dia 18 de maio.

“A partir de 21 de maio, sexta-feira da semana que vem, serão vacinadas as pessoas com comorbidade na faixa etária entre 45 e 49 anos de idade. E também nesta mesma data, 21 de maio, começaremos a vacinação das pessoas com deficiência permanente na mesma faixa etária, de 45 a 49 anos. A expectativa é da imunização de 695 mil pessoas nesta faixa etária. Muito importante o trabalho de imunização das pessoas com comorbidade no Estado de são Paulo”, disse o governador.

A relação de comorbidades definida pelo Ministério da Saúde tem Doenças Cardiovasculares; Insuficiência cardíaca; Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar; Cardiopatia hipertensiva; Síndromes coronarianas; Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias; Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; Arritmias cardíacas; Cardiopatias congênitas no adulto; Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; Diabetes mellitus; Pneumopatias crônicas graves; Hipertensão arterial resistente; Hipertensão arterial – estágio 3; Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade; Doença Cerebrovascular; Doença renal crônica; Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer); Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves); Obesidade mórbida; e Cirrose hepática. (Com informações do governo de São Paulo)

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Policiais municipais e militares doam sangue no Hemocentro de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – BIRIGUII Integrantes da Polícia Municipal e da 4ª Cia da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *