Antiga estação ferroviária será revitalizada ao custo de R$ 1 milhão

Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

O prefeito de Penápolis, Célio de Oliveira (sem partido), assinou, ontem, convênio de R$ 1.101.264,56 com o FID (Fundo de Interesses Difusos), da Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania, para a reforma da estação ferroviária do município.
Do total investido, R$ 881.527,40 virão do órgão estadual e outros R$ 219.737,16 serão contrapartida da Prefeitura.
A assinatura do convênio foi feita no gabinete do prefeito, com a presença do vice Carlos Alberto Feltrim (MDB), de vereadores, secretários municipal e do prefeito de Barbosa, Paulo César Balieiro (DEM). O próximo passo será a abertura do processo licitatório para a contratação da empresa que executará o projeto.
Considerado um dos grandes gargalos da administração municipal, com concentração de andarilhos, pichações, vidraças quebradas e motivo de denúncia de usuários de drogas, o antigo imóvel será totalmente revitalizado. Localizado no centro da cidade, o prédio passará para o município em definitivo, conforme o chefe do Executivo.

A Prefeitura havia solicitado ao Dnit (Departamento Estadual de Infraestrutura de Transportes) a doação do imóvel para o município. Desde 2014, já tinha a cessão da área, a título gratuito, por 20 anos em regime de comodato (prazo renovável por mais 20 anos). O prédio será incorporado ao patrimônio do município em definitivo.
No local, funcionará o que o prefeito chama de “Centro de Integração da Cidadania”, semelhante ao Atende Fácial existente em Araçatuba, para concentrar o Procon local, PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), Ministério do Trabalho, Posto Fiscal, Banco do Povo e ainda um posto de atendimento do Daep (Departamento de Água e Esgoto de Penápolis) e da Prefeitura. Todos esses serviços, hoje, funcionam em imóveis alugados.

a7 estação

ABANDONO – Local está destruído e com várias pichações há anos

Ele ressalta que também há uma parceria com o comércio, por meio da qual deve garantir alguma prestação de serviços da associação do setor. Além disso, o projeto contempla um espaço de exposição permanente de artes e de memória cultural, que contará a história da ferrovia no município.
Também está prevista a implantação da casa do artesão. Por fim, Célio diz que ali será implantado um centro de convivência. Seria uma plataforma, em um quiosque, para a realização de shows.
“Enfim, é uma transformação da região, um negócio muito bacana”, avalia Célio, ressaltando que uma reivindicação de 30 anos da comunidade local. “Na verdade, desde quando parou a estação ferroviária, temos essa situação deplorável aqui. Então, será uma obra significativa e importante”, ressaltou. Ele espera inaugurar essa obra até o final do próximo ano, quando se encerra seu segundo mandato à frente do Executivo.
O projeto técnico para a reforma do espaço foi apresentado em dezembro de 2018, em um chamamento público para aplicação de recursos do FID. Entre 1,2 mil projetos inscritos, o de Penápolis foi um dos 149 selecionados para o investimento. A aprovação do projeto ocorreu em novembro de 2018.

a7 assinatura

ASSINATURA – Formalização de convênio ocorreu ontem, no gabinete do prefeito

FOTOS – DIVULGAÇÃO


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Final de tarde registra ventos fortes e chuva com granizo em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!A tão esperada chuva chegou a Araçatuba no final da tarde deste domingo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *