14.3 C
Araçatuba
quinta-feira, maio 26, 2022

ACIDENTES NA REGIÃO DE ARAÇATUBA DEIXAM QUATRO MORTOS E 12 FERIDOS

O fim de semana e a segunda-feira (20) terminaram marcados pela violência no trânsito na região de Araçatuba. No total, quatro pessoas morreram em acidentes e 12 ficaram feridas em rodovias e vicinais de Birigui, Lavínia, Clementina e Braúna.
Na madrugada de ontem foram duas mortes. A primeira do motorista de uma van. Nove passageiros também ficaram feridos, um deles em estado grave, em um acidente na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Lavínia. Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL junto à Polícia Rodoviária Estadual, o motorista Leandro Oliveira, de 35 anos, conduzia uma van Renault/Master pela Rondon, no sentido de Andradina, quando no quilômetro 595 perdeu o controle da direção por motivos desconhecidos e bateu na traseira de um caminhão Mercedes/Benz que seguia um pouco mais a frente.
A violência da batida foi tão grande que a parte da frente da van foi praticamente arrancada pela força do impacto, ficando totalmente destruída. Oliveira chegou a ser socorrido com vida e encaminhado até o Hospital de Mirandópolis, mas não resistiu aos ferimentos e morreu alguns minutos depois de ter dado entrada na unidade hospitalar.
A van estava com nove passageiros. Todos também sofreram ferimentos, um deles, identificado pelas iniciais J.V.B, 23 anos, foi socorrido em estado grave com politraumatismo e transferido no fim da tarde de ontem para a Santa Casa de Araçatuba. Os outros pacientes foram encaminhados a vários hospitais da região, onde passaram por atendimento médico. O motorista do caminhão atingido não se feriu e não precisou de atendimento hospitalar. Não havia informações até o fechamento desta edição sobre o itinerário do veículo.
A pista precisou ficar parcialmente interditada para o trabalho de limpeza e retirada dos veículos do local. Equipes da Polícia Rodoviária e da concessionária que administra a via orientaram o trânsito. A Perícia Técnica também esteve no local tentando recolher provas que possam ajudar a Polícia Civil nas investigações a partir de agora. O laudo completo deverá sair em até 30 dias. Um inquérito também foi aberto para dar continuidade à apuração.
O corpo do motorista foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. O resultado do laudo também sairá nos próximos dias. Depois, o corpo foi liberado para o velório e sepultamento.

MORTE EM BIRIGUI
Ainda durante a madrugada de segunda, mais uma fatalidade na região. Uma jovem, identificada como Jenifer Heloisa da Silva Gregório, de 26 anos, não resistiu e morreu na Santa Casa de Araçatuba depois de sofrer um acidente de moto no último sábado (18) na rodovia Senador Teotônio Vilela, também conhecida como ‘ Guatambu’ , em Birigui.
Segundo o que foi apurado pela reportagem, a vítima conduzia a motocicleta. O companheiro dela estava na garupa. Em determinado momento da viagem, o pneu do veículo estourou e os dois caíram no asfalto. O homem teve fraturas e foi socorrido ao pronto-socorro da cidade, mas sem risco de morte. Já a mulher dele bateu a cabeça no chão e foi socorrida em estado grave, depois transferida para a Santa Casa de Araçatuba, onde não resistiu aos ferimentos.
O corpo de Jenifer foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nas investigações. O sepultamento ocorrerá no cemitério da Consolação, em Birigui, às 8h desta terça-feira (21).

INÍCIO DE SEMANA
A segunda-feira mal começou e com mais notícias de mortes nas rodovias da região. No período da tarde de ontem, mais uma foi registrada, dessa vez na rodovia Jorge Maluly Netto (SP-463), em Clementina. Um borracheiro de 44 anos morreu depois de ter o carro VW/Polo que dirigia atingido por outro veículo, um VW/Gol.
O homem estava com a mãe, de 65 anos, no banco do passageiro. Ela foi socorrida e encaminhada a um hospital da região e não corria risco. Já Rodrigo Alves de Brito não resistiu aos ferimentos.
O motorista do outro automóvel envolvido na batida contou em depoimento aos policiais rodoviários que atenderam a ocorrência que não conseguiu frear a tempo. Equipes do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) foram acionados, assim como a perícia técnica. Um laudo deverá ficar pronto nos próximos dias.

EM BRAÚNA, LAVRADOR MORRE EM CAPOTAMENTO

Ainda durante a noite de domingo, o lavrador José Tavares Cavalcanti, morreu depois de capotar o veículo Ford/Ecosport em uma estrada de Braúna, município que fica a 44 quilômetros de Araçatuba.
De acordo com o que foi apurado pelo O LIBERAL, a vítima estava sozinha no veículo, que só foi encontrado por policiais militares depois que um motorista passou pelo local e avistou o automóvel com as quatro rodas pra cima. Equipes do Resgate, do Corpo de Bombeiros, foram chamadas, chegaram a levar Cavalcanti até a Santa Casa de Penápolis, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu. As causas desse acidente também serão investigadas.

Vitor Moretti
Araçatuba

Ultimas Noticias