POSSIBILIDADES - Carlos Farias fala sobre as oportunidades de negócios DIVULGAÇÃO

ABF afirma que franquias voltarão a crescer em 2021

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Antes da pandemia de Covid-19, a ABF (Associação Brasileira de Franchising) previa um crescimento de 8% para o setor de franquias no ano de 2020, comparado com os 12 meses anteriores. Mas, os resultados foram prejudicados e o número de lojas abertas superou o número de unidades fechadas por uma pequena margem de quase 1%. Segundo a entidade, muitas empresas souberam utilizar o cenário criado pelo coronavírus a favor dos serviços da rede, trazendo aumento nos lucros e fortalecimento das marcas.

Na edição de 2021 do Perfil das 50 Maiores Redes de Franquias no Brasil por número de unidades em operação, realizado pelo quinto ano consecutivo, a ABF reafirma a crescente maturidade das redes, ainda mais evidenciada num ano marcado pela pandemia. O levantamento indica que o volume de unidades das 50 Maiores Marcas aumentou 5% em 2020 frente a 9% no ano anterior. Levando-se em consideração que a Covid-19 tomou praticamente todo o ano passado, esse aumento revela a resiliência, capacidade de reação e adaptação do sistema de franquias a cenários adversos.

Para o presidente da ABF, André Friedheim, “a força, a maturidade e a resiliência do franchising nacional estão refletidas nessa lista. Nesse período de dificuldades sem precedentes em mais de um século para pessoas e empresas no enfrentamento da pandemia de Covid-19, essas redes demonstraram a importância do trabalho em rede, da força da marca, dos princípios e valores que norteiam o setor de franquias”, afirma.

 

 

Araçatuba

A pesquisa mostrou que o segmento de alimentação continua sendo o mais representativo entre as 50 Maiores Franquias do Brasil por unidades, tendo ampliado sua fatia de participação de 35% para 37%, em relação ao estudo do ano anterior, mostrando a resiliência e capacidade de reação das redes do segmento neste período de pandemia.

De acordo com o consultor de novos negócios Carlos Farias, o setor de franchising sempre foi famoso e atraente por ser um porto seguro na hora de empreender. Pelo fator de segurança e resiliência, o modelo de franquias é opção interessante para os empreendedores que querem investir em uma bandeira ou marca sólida, com produtos e serviços testados e aprovados pelo público. Isso não mudou para 2021. E justamente grandes marcas do segmento de alimentação, as redes de fast food estão olhando para Araçatuba enxergando na região terreno fértil para ampliação e extensão de suas marcas.

“Tenho contato com empresários do setor e tem muita gente planejando expandir os negócios para esta região. Uma dessas marcas é o Bob’s, que busca parceiros investidores em Araçatuba. A empresa opera atualmente cerca de 1,1 mil pontos de venda no Brasil e o plano inclui 200 novas lojas principalmente de rua e drive thru, algumas delas seguindo à risca o conceito de omnichannel, com diversos formatos de venda em uma única unidade”, explica Farias.

Foi o caminho encontrado pela marca de quase 70 anos que enfrenta concorrentes estrangeiros de peso no mercado nacional, e que adotou o conceito de startup para reinventar as operações e se manter atual com uma velocidade maior do que as outras redes. A expectativa é crescer 8% neste ano e chegar a R$ 1 bilhão em faturamento, o equivalente a 80% dos níveis pré-pandemia.

 

 

Inovação

Segundo Farias, no caso da rede de fast food, existem opções tanto para lojas de rua e drive thru– principais focos da marca – quanto para shopping center. A rede prevê chegar a todas as capitais e maiores cidades do país com pelo menos uma operação completa de drive thru e espaços exclusivos apenas para a retirada no balcão (take away). Há ainda outras inovações previstas que já estão em processo de implantação ou com estudos avançados.

O consultor também comenta também que, por conta da pandemia, muitas franquias descobriram definitivamente os benefícios da transformação digital e aceleraram o processo de presença e comercialização no mundo virtual. “A Covid-19 acabou forçando as redes a se adaptar e a trabalhar também nas frentes digitais, trazendo resultados animadores para as unidades. Ou seja, mesmo quando tudo voltar ao normal, o digital permanecerá no dia a dia das franquias. Fato é que o mercado de franchising continuará crescendo no Brasil, incluindo Araçatuba, mesmo em um cenário desafiador para a economia”, finaliza.

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Balconista é preso com 85 tijolos de maconha

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O balconista G.G.S, 38 anos, residente em Goiânia (GO), …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *