TRABALHO -A primeira profissional vacinada Luzia Arcângelo dos Santos Augusto e o secretário da Saúde, doutor João Leme

Vacina chega a todas as cidades da região

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

Os profissionais da saúde, que desde o início da pandemia em março do ano passado estão na linha de frente de combate à covid-19, com justiça estão sendo os primeiros a serem imunizados para que o trabalho possa ser feito com mais segurança. Desde domingo (17), quando a enfermeira Monica Calazans foi vacinada, tornando-se a primeira brasileira a ser imunizada contra o vírus, profissionais de saúde de todo o estado, das redes pública e privada estão sendo imunizados. Na região de Araçatuba, a vacina começou a chegar na quarta-feira e várias cidades iniciaram o trabalho no mesmo dia. Em Andradina, a vacinação começou nesta quinta-feira. Como ato simbólico, foi vacinada auxiliar de enfermagem Luzia Arcângelo dos Santos Augusto, de 62 anos, abrindo oficialmente a campanha no município.

A auxiliar de enfermagem, que tem 27 anos de profissão, foi escolhida pelos colegas de profissão para simbolizar o início da campanha de vacinação. De acordo com o secretário de Saúde, doutor João Leme, tudo foi preparado para dar início à vacinação em Andradina. A prioridade para as primeiras 90 doses é para os profissionais da saúde ligados ao combate ao Covid que é o público considerado de maior vulnerabilidade. O cronograma de vacinação segura as orientações do Ministério da Saúde.

 

Em Birigui, dois profissionais da saúde foram vacinados

LUTA –  Técnico em enfermagem David Alfonso Rodrigues Garcia lutou por mais de um mês contra a covid

A Secretaria Municipal de Saúde de começou a vacinar os profissionais de saúde contra a covid-19 no final da tarde desta quarta-feira (20). A primeira biriguiense imunizada foi a técnica em enfermagem Maria de Lourdes Cantor, de 61 anos, que atua há quase 40 anos na saúde e hoje trabalha no Pronto Socorro e UTI da Santa Casa da cidade. Lourdinha, como é chamada carinhosamente, recebeu a primeira dose da vacina em um ato simbólico realizado no Centro de Especialidades Médicas. “Eu já tive coronavírus de forma assintomática. Então, esse é um momento de muita alegria. Que essa vacina traga tranquilidade e novas esperanças para todos nós”, afirmou.

O segundo biriguiense a receber a vacina foi o técnico em enfermagem David Alfonso Rodrigues Garcia, de 28 anos, funcionário da Santa Casa e da Unimed. Foi um dos momentos mais emocionantes do ato, pois Garcia venceu bravamente o coronavírus. Ele teve a doença em junho do ano passado, permanecendo 33 dias internado, sendo 13 dias intubado na UTI.

No primeiro dia de campanha, equipes da Secretaria de Saúde foram até o Recanto do Vovô e Abrigo Vó Tereza vacinar os profissionais de saúde e os idosos, totalizando 70 pessoas. As doses também foram enviadas para a Santa Casa, Unimed, Pronto Socorro e UBSs (Unidades Básicas de Saúde) para imunização dos funcionários

 

 

 

 

Enfermeira com 37 anos de profissão foi a primeira de Castilho

RECONHECER  – Suely Moelas da Silva Sotini foi vacinada na abertura da campanha em Castilho

Com 63 anos de idade, 37 deles dedicados a zelar pela vida do próximo, a enfermeira Suely Moelas da Silva Sotini foi a primeira Castilhense a ser vacinada contra Covid-19 no município. O ato aconteceu na manhã desta quinta-feira (21). O prefeito Paulo Boaventura e o vice, Marcos Visual, acompanharam. A profissional trabalha no ambulatório do Centro Integrado de Saúde (CIS) e também é integrante do Comitê de Combate e Enfrentamento ao Coronavírus.

‘’Fico emocionada por ter sido escolhida para representar todos os profissionais de saúde de Castilho nesse momento tão importante. Amo o ofício que cumpro e, enquanto Deus me der forças, continuarei exercendo a profissão de enfermeira. Cuidar do outro é o gesto mais lindo que existe’’, considerou Suely, ao ser imunizada.

De acordo com Sandra Marques, da Vigilância Epidemiológica, Castilho recebeu do Estado 356 doses da vacina para a imunização dos profissionais que estão na ‘’linha de frente’’ do Covid-19.

Também nessa-feira, o município vacinou os profissionais de Saúde do hospital ‘’José Fortuna’’ e, hoje (22), os demais dos CIS e das UBSs.

 

 

 

 

Guararapes inicia vacinação contra a Covid-19

ATUAÇÃO – Profissionais da linha de frente contra a covid foram os primeiros a serem vacinados

 

Os profissionais da área da saúde foram os primeiros a receber a dose da vacina.

Hoje, 21 de janeiro foi uma data histórica para Guararapes.  Por meio de um ato simbólico realizado na Santa Casa, começou a vacinação aos profissionais da área da saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia.

Ao todo, o município recebeu 320 doses da Coronavac que deve imunizar cerca de 50% dos profissionais da saúde. A segunda remessa da vacina está prevista para chegar na próxima quarta-feira, 27, e deverá imunizar os outros 50% dos profissionais.

A médica ginecologista, Ana Paula Camolesi, que já foi contaminada pelo vírus e atende as gestante com suspeitas ou casos confirmados da doença, foi a primeira a ser vacinada.

O roteiro de vacinação irá seguir pela UBS Antônio Simões, UBS Dr. Norman Storto (Postão), UBS Dr. Akira Motomatsu, Casa de Saúde, Setor de Ambulância, Farmácia Municipal, Vigilância Sanitária, CAPS, Laboratórios que colhem os exames e os profissionais de saúde de empresas privadas. Em seguida será a vez dos idosos, como determina o Ministério da Saúde.

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Novo decreto endurece regras para conter avanço da Covid-19

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – CASTILHO A prefeitura do Município de Castilho, em parceria com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *