Norival Nunes assume Fazenda em Andradina e comenta projetos enviados à Câmara

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O novo secretário da Fazenda de Andradina, o Norival Nunes, afirmou que já estão sendo tomadas providências quanto às reclamações feitas pela população municipal e promete transparência do trabalho de sua secretaria dentro da atual administração.

Em entrevista ao SRC, o novo titular da pasta comentou que o atual governo trabalhará com apenas 36 cargos em comissão e pretende fazer a publicação on line de algumas portarias úteis à população. Além disso, citou futuros funcionários públicos que já começaram a trabalhar em sua pasta mesmo antes da nomeação, como “voluntários”.

De acordo com Norival Nunes, alguns andradinenses reclamaram sobre obras que ficaram paralisadas entre o fim do mandato da ex-prefeita Tamiko Inoue (PSDB) e o início dos trabalhos do atual mandatário, Mário Celso Lopes (PSDB). Ele afirmou que, por causa do período de final de ano, é normal que alguns serviços parem por alguns dias, devido à transição de governo e ao período de festas.

“Estamos no quarto dia de gestão, mas estamos tomando providências para que tão logo o orçamento de 2021 possa ser iniciado, para que possamos tomar algumas atitudes emergenciais. Temos algumas reclamações, mas foi no segundo dia do governo”, explicou em entrevista.

Projetos

O secretário de planejamento comentou também sobre a redução de 9 para 4 cargos em comissão na ARSAE (Agência Reguladora do Sistema de Água e Esgoto de Andradina) e disse que é uma meta do trabalho ter menos cargos comissionados. O projeto já foi enviado em regime de urgência à Câmara.

“Como na administração toda teremos 36 cargos em comissão, não é possível que uma agência reguladora pequena tivesse um quarto dos cargos, então vamos reduzir de 9 cargos pra 4”, afirmou.

Nunes comentou sobre outro projeto enviado em regime de urgência para a Câmara, sobre a criação do Diário Oficial Eletrônico, e explica que a nova ferramenta não substituirá as publicações em jornais impressos.

“A criação do Diário Oficial Eletrônico não substitui a imprensa escrita, mas tem portarias que são publicadas em quadro na prefeitura, mas que também passarão a ser publicadas na internet, já que quase ninguém vem na prefeitura olhar o quadro”, explicou o secretário.

“Voluntários”

Norival Nunes ainda disse que apenas 8 secretários estão trabalhando no momento e muitos profissionais que serão nomeados para novos cargos, caso a Câmara aprove a criação deles, já estão prestando serviço de forma voluntária na secretaria da fazenda.

O motivo desta “ajuda” é por causa da grande demanda da pasta no início do ano, principalmente por causa da formulação e entrega dos carnes do IPTU, Imposto Predial e Territorial Urbano, uma das principais fontes de receita de Andradina. (Com informações da Nova Rádio Andradina 105,9 FM)

 

 

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Andradina vai começar a vacinação para pessoas com 66 anos ou mais

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ANDRADINA Nesta terça-feira (13) a vacinação da Covid 19 em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *