Encaminhada mais uma etapa da regularização de Paranápolis

Compartilhe esta notícia!

A prefeita de Andradina, Tamiko Inoue se reuniu no no Dnit/SP (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), em São Paulo. Na ocasião Tamiko encaminhou mais uma etapa da regularização fundiária do núcleo urbano de Paranápolis ao iniciar o pedido de anuência ao Dnit em encontro com superintendente regional, Roberto Menezes Ravagnani.
A regularização vem sendo feita pelo Programa de Regularização Fundiária Urbana e Rural através do Programa Minha Terra, em uma parceria com a Prefeitura de Andradina e o Itesp (Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo) com a participação das secretarias estaduais de Justiça e Cidadania, Habitação e Desenvolvimento Regional.
“Estamos próximos dessa regularização histórica. Este trabalho tem importante fator social, já que para tornar o proprietário do imóvel ou terreno de forma legal, tudo é feito de forma gratuita”, comentou Tamiko que estava ao lado do coordenador regional Sudeste da Fundação Itesp e gestor do convênio Itesp no município de Andradina, Manoel Martins dos Santos.
Foram entregues ao departamento a planta topográfica e o memorial descritivo do perímetro acompanhada de ART (Anotação da Responsabilidade Técnica). Segundo explica o secretário de Habitação, Nino Spegiorin, o Governo de Andradina busca a Declaração de Anuência do Dnit em realização aos trechos de confrontação com a área operacional da linha férrea.
“A medida se deve pelo fato de a área ser cortada pela faixa operacional da antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil”, explica Nino.
O Governo de Andradina já conseguiu junto a SPU a expedição da declaração de anuência quanto aos limites operacionais de Paranápolis, além da doação de uma área que permeia toda a linha férrea, parte do processo de regularização e que também pode ser utilizada para instalação de equipamentos públicos.
Os trabalhos técnicos, sob a responsabilidade do engenheiro cartógrafo Paulo Roberto Silvestre, do Itesp, foram concluídos e em breve a prefeita Tamiko apresentará ao Cartório de Registro de Imóveis de Andradina o projeto de regularização, abrangendo cerca de 160 terrenos. A primeira titulação deverá ocorrer ainda em 2019.

DA REDAÇÃO
Andradina


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Castilho registra menor número de internações por Covid desde 30 de março

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Desde o início da pandemia global causada pelo coronavírus, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *