DESOLAÇÃO - Carcaças de animais encontradas à margem do rio DONNEGA IMAGENS

Carcaças de animais encontradas à margem do Rio Paraná

DA REDAÇÃO – CASTILHO
O brigadista Messias Donega, de Castilho, que conhece muito bem a região dos rios e lagos da região, deparou-se com uma cena que o deixou preocupado. Às margens do Rio Paraná, em Castilho, a jusante da Usina Souza Dias (Jupiá), ele encontrou e fotografou carcaças de peixes. Donega disse que encontrou carcaça de bovino, capivara e até peixes.
Pela sua experiência como trilheiro e por navegar nos rios da região, ele acredita que os peixes morreram por falta de oxigênio porque o rio está baixando. Quanto aos outros animais, ele acredita que foram em busca de água para beber e podem ter ficado atolados. Na sua avaliação a situação é de muita preocupação.
Os ambientalistas da região têm chamado a atenção para o manejo dos reservatórios. A redução do nível dos rios têm causado impacto ambiental.

 

Veja também

Birigui fecha 2021 com crescimento de 28,3% nas exportações e movimenta US$ 29,8 milhões

DA REDAÇÃO – BIRIGUI Birigui terminou o ano de 2021 com US$ 29,8 milhões de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *