ATENDIMENTO - Objetivo é garantir atendimento rápido à população quando for necessário DIVULGAÇÃO

CAC de Andradina volta para o Centro de Hemodiálise já nesta quinta-feira

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

O prefeito de Andradina, Mário Celso Lopes anunciou que a Central de Atendimento Covid (CAC) será transferida novamente para o Centro de Hemodiálise emergencialmente pela expectativa de uma letal ‘terceira onda’ para o Covid 19 no país.

A expectativa que 10 leitos já tenham sido montados no Centro de Hemodiálise até esta quinta-feira (10), outro feito em tempo recorde. Nos últimos 35 dias, quando registrada uma baixa no número de casos da doença em Andradina, o CAC foi transferido para a UPA 24 Horas (Unidade de Pronto Atendimento). Naquela ocasião a CAC assinalou 0% de ocupação.

“Estamos mapeando a doença e como já dissemos vamos estar sempre prontos para atuar quando os números da doença atingirem níveis preocupantes. Temos uma equipe preparada e pronta para atender a população imediatamente”, disse Mário Celso.

O CAC foi instalado e funcionou no Centro de Hemodiálise nos dramáticos meses de março e abril, quando chegou-se a um pico de mais de uma morte por dia no município. Na época o Brasil assinalava 4.000 mortos em um único dia, quase todos os governadores voltaram a adotar o fechamento de serviços não essenciais e toques de recolher noturnos.

“Em março vimos que a Santa Casa de Andradina não aguentaria a demanda, e o prometido Hospital de Campanha do AME ainda não estava pronto. Saímos na frente e montamos 20 leitos e a um custo bem menor do que o mercado, agora está na hora de voltar a nossa atenção para o crescimento da doença”, disse.

Por conta do CAC muitas vidas foram salvas, já que o AME demorou a atender. Da mesma maneira de antes o CAC continua sem apoio financeiro do Estado ou união. Durante o tempo em que funcionou no Centro de Hemodiálise foram gastos R$ 2 milhões para custear as despesas do atendimento.

Atualmente a rede de saúde do município possui 15 respiradores que podem significar a diferença entre a vida e a morte como no passado, com a ocupação do Centro de Hemodiálise para o CAC. 0

“Fizemos nossa parte e salvamos vidas por não se conformar em esperar a ajuda de fora. Estamos sempre em defesa da vida e preparados para as crises que virão”, finalizou o prefeito.

O Governo de Andradina ainda alugou uma usina de oxigênio que tem sido fundamental para o atendimento na Santa Casa.

 

Terceira onda

No Brasil, o segundo país com mais óbitos pelo coronavírus, a soma da lenta vacinação, reabertura prematura da economia e o potencial da variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia, preveem uma nova onda duríssima da pandemia.

Alguns especialistas falam da chegada de uma terceira onda já em junho ainda mais letal que as duas primeiras, visto que parte de um platô muito mais alto.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Prefeito reúne Procon e Sanesul para mediar situações conflitantes

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS Em reunião ocorrida na terça-feira (22), no gabinete …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *