SUSPENSÃO - Secretário João Leme anuncia a suspensão do atendimento na CAC

Atendimento na Central Covid será suspenso à meia noite desta sexta-feira

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

Com acentuada redução de atendimento de casos de Covid 19 em mais de 100 dias a Secretaria Municipal de Saúde anunciou a suspensão do atendimento no Centro de Atendimento Covid (CAC) para a meia noite deste dia 22 (sexta-feira).
“É com satisfação que a secretaria apresenta mais uma vitória no combate à nossa pandemia. Esse relatório detalhado justifica a suspensão do atendimento médico no nosso CAC, instalado no Centro de Hemodiálise da Santa Casa”, disse.
Segundo o secretário de Saúde, Dr João Leme, no decorrer dos últimos meses, houve uma redução das taxas de atendimento e ocupação de leitos Covid em Andradina, e até mesmo em óbitos registrados no município, seguindo uma tendência que vêm melhorando no país, com algumas exceções.
Os dados colhidos e apresentados em um dossiê elaborado pela secretaria ampara a suspensão do atendimento no CAC que estará preparado a um retorno imediato caso os números voltem a sair do controle.
“Todos os nossos equipamentos, macas, monitores e respiradores estarão prontos para serem reutilizados ser necessário no nosso CAP. É uma suspensão do atendimento mas tudo está pronto a qualquer momento para que a gente volte esse atendimento se formos surpreendidos por uma taxa de contaminação maior nós voltaremos esse atendimento imediatamente.”, explicou o secretário.
Neste momento, os profissionais da Saúde serão alocados à princípio para a UBS Mineira onde serão tratadas as síndromes gripais durante o dia, das 7 às 17 horas. Já as síndromes respiratórias agudas “graves” serão atendidas no período da noite finais de semana e feriado na UPA 24 horas (Unidade de Pronto Atendimento).
A situação de suspensão do atendimento será mantida até fevereiro, quando, caso a situação siga a tendência de redução no número de casos seja mantida o município deva entregar as chaves do CAC à Santa Casa.

Taxas de ocupação de leitos
No mês de junho o número de atendimentos Covid no local foi 1.821 e 75 casos de internação. Em julho o número de atendimentos no local foi 1.149 e 36 casos de internação. Em agosto o número de atendimentos foi de 700 e 12 casos de internação. Em setembro houve a grande queda e o número de atendimentos Covid no local, que foi de 359 e apenas 9 casos de internação. Até sexta-feira (15/10), outubro registrou 193 atendimentos com três internações.

Óbitos
Com ampliação da cobertura vacinal em Andradina, que superou a marca de 75% da população imunizada, e se encaminhando para as faixas mais jovens, o processo a progressão da pandemia em Andradina foi refreada. Novamente as internações hospitalares, internações em UTI e óbitos caíram vertiginosamente.
Segundo o relatório oficial da saúde sobre a pandemia, em relação a óbitos, aponta que em agosto houve 7 óbitos, 2 em setembro e apenas 1 em outubro. Atualmente existe uma paciente internada em ventilação mecânica com prognóstico considerado “ruim”. A mulher de 44 anos é não vacinada por opção.

Veja também

Projeto do executivo que previa gratificação de 50% a servidores é adiado

Diego Fernandes – ARAÇATUBA Em sessão remota realizada na noite desta segunda-feira (30), os vereadores …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *