14.4 C
Araçatuba
quarta-feira, maio 18, 2022

Aplicação da 4ª dose da vacina a idosos acima de 80 anos começa nesta segunda-feira

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

A aplicação da quarta dose da vacina de covid-19 para os idosos acima de 80 anos de idade começa nesta segunda-feira (21) em Andradina. A imunização é uma recomendação do Comitê Científico da Covid no Estado e será disponibilizada nas UBS da Vila Mineira, Benfica e no Centro de Saúde, das 13 horas às 17 horas. 

“A ampliação da campanha de vacinação é uma importante decisão tomada principalmente com a decisão do Governo do Estado de São Paulo em flexibilizar o uso das máscaras”, disse a Coordenadora de Atenção Básica, Carla Back .

Se algum idoso tiver algum comprometimento ou dificuldade de comparecer aos postos a vacina poderá ser feita em casa com agendamento feito via telefone na unidade de saúde mais próxima de sua casa. O agendamento pode ser feito por familiares.

A recomendação é que todos os imunizantes disponíveis na rede poderão ser aplicados nesta nova etapa. O Comitê Covid do Governo levou em consideração na decisão o alto índice de mortalidade entre os idosos desta faixa etária durante a circulação da variante Ômicron, que foi superior aos óbitos ocorridos nos dois outros picos da pandemia em 2020 e 2021.

Estarão aptos a receber a quarta todos os idosos acima de 80 anos, desde que tenham recebido a dose de reforço (3ª dose) com um intervalo de quatro meses.

Vacinômetro

Até as 12h45 desta quarta-feira, o vacinômetro apontava 99,19% da população paulista protegida com ao menos uma dose contra a COVID-19 e 90,11% com o esquema vacinal completo. Até o momento, foram aplicadas 102,4 milhões de doses em todo o Estado.

De acordo com a Coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula, os dados evidenciam o impacto positivo dos índices do Estado de São Paulo. “A ciência e a vacinação mostraram que estamos no caminho certo. A população, os municípios e os profissionais de saúde responderam ao nosso chamado e hoje somos o primeiro estado do país a ter a população elegível com as duas doses”, destacou.

O secretário da Saúde Jean Gorinchteyn observou que os bons índices de vacinação repercutiram na queda de internações em unidades hospitalares. De acordo com os números da Secretaria de Estado da Saúde, nas últimas seis semanas, o Estado registrou uma redução de 77% em internações em enfermarias e unidades de terapias intensivas. 

 

 

Ultimas Noticias