PREVENÇÃO - Higienização das mãos e uso de máscara são importantes para prevenir

Andradina vive surto de casos de gripe

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

Diante do aumento de casos de síndrome gripal, o Secretário de Saúde de Andradina, Dr João leme anunciou que a Prefeitura de Andradina está fazendo o acompanhamento diário da evolução para tomada de decisões.
Com aproximadamente 75 casos diários, o momento vem sendo tratado como surto de gripe, que não aparece somente em Andradina, mas em centenas de cidades brasileiras em todos os estados, onde a gripe avança para uma epidemia.
O surto também mudou o tratamento nas coletas do exame covid, que deixam de ter agendamento para os atendimentos que tem critérios de terem o exame colhidos naquele momento. “Nos últimos sete dias tivemos apenas 1 (um) teste positivo para Covid, a Secretaria de Saúde de Andradina trabalha sob planilhas de atendimento gripais e medidas são tomadas baseadas nesses números.”, disse João Leme.
O enfrentamento à gripe está acontecendo na Upa 24 horas, que dispõe de médicos, enfermeiros, equipamentos e medicamentos para o tratamento a pacientes com sintomas da gripe. Em conversa com Dr João Leme, ele descreveu algumas das medidas tomadas para fortalecer o atendimento na UPA, como a contratação de mais um médico no UPA das 7h00 hs da manhã as 23h00, horário de maior pico de atendimento, reestruturação das salas do UPA, onde com remanejamento conseguimos mais uma sala de atendimento e de observação e aumentamos o número de auxiliares de enfermagem.

Gripe
Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), existem três tipos do vírus Influenza (gripe) circulando no Brasil: A, B e C. O tipo C causa apenas infecções respiratórias brandas e não possui impacto na Saúde Pública. Já os vírus da Influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus Influenza A responsável pelas pandemias que ocorrem de tempos em tempos, principalmente durante os períodos mais frios e chuvosos. O tipo A da influenza é classificado em subtipos, como o A(H1N1) e o A(H3N2). Já o tipo B é dividido em duas linhagens: Victoria e Yamagata.
Embora possuam diferenças genéticas, todos os tipos podem provocar sintomas parecidos, como febre alta, tosse, garganta inflamada, dores de cabeça, no corpo e nas articulações, calafrios e fadigas.

BIRIGUI
A Secretaria de Saúde de Birigui alerta a população que os cuidados com as doenças respiratórias devem ser redobrados. A procura de pacientes com síndromes gripais aumentou nos últimos dias no Pronto Socorro Municipal. Há casos confirmados de influenza A, mas nenhum caso grave. O município não possui doses da vacina contra a gripe e, no momento, não há previsão de recebimento de nova remessa.
Por isso, a prevenção continua sendo fundamental e os cuidados devem ser os mesmos adotados durante toda a pandemia da covid-19. Usar máscara facial, higienizar frequentemente as mãos com água e sabão ou álcool gel, e evitar aglomerações ajudam a reduzir as chances de contágio por gripe.

 

Veja também

Araçatuba bate novo recorde de infecções em 24 horas pela Covid-19

Araçatuba bateu novo recorde de casos positivos de Covid-19 em apenas 24 horas. Foram constatadas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *