Compartilhe esta notícia!

Dois casos de violência contra a mulher foram registrados em Araçatuba no último fim de semana. Os crimes foram registrados em um curto período de tempo na madrugada de domingo (06). Os dois agressores foram presos em flagrante por violência doméstica e ficaram à disposição da Justiça.

O primeiro caso aconteceu por volta das duas horas da manhã em uma residência localizada na rua João Batista Botelho, no bairro Umuarama, na zona leste da cidade. Policiais militares faziam patrulhamento de rotina quando foram acionados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) para atender a uma ocorrência de briga entre casal.

Chegando ao endereço, as equipes localizaram a vítima, uma esteticista de 40 anos. Ela disse que o companheiro, um representante comercial de 49 anos, estava no interior do imóvel e quebrava diversos móveis. A declarante revelou que minutos antes ela tinha sido agredida e derrubada no chão, sofrendo alguns hematomas pelo corpo.

Os PMs entraram na casa e encontraram o autor bastante alterado, conforme registrado no boletim de ocorrência. Ele já havia jogado uma geladeira, uma televisão e um forno elétrico no chão. O homem tentou agredir os policiais, mas foi contido e algemado. O suspeito foi levado até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento.

A mulher decidiu representar criminalmente e pedir medidas protetivas contra o investigado. Diante disso, o delegado plantonista manteve a prisão em flagrante por violência doméstica, lesão corporal, injúria e ameaça, mas decidiu estipular fiança de dois mil reais. O valor não foi pago e o representante permaneceu à disposição da Justiça. Um inquérito foi aberto para dar andamento às investigações sobre o ocorrido.

UMA HORA DEPOIS

Algum tempo depois, ainda pelo bairro Umuarama, um entregador de 27 anos também foi preso depois de agredir a companheira, uma dona de casa de 29 anos. De acordo com informações da Polícia Civil, as agressões ocorreram na rua dos Fundadores.

 

Os policiais militares foram acionados e quando se aproximavam com a viatura perceberam que o indiciado tentava fugir correndo. Ele foi abordado minutos depois. A vítima apresentava muito sangramento na cabeça, mas se recusou a passar por atendimento médico. Ela informou em depoimento que teve uma discussão com o suspeito e desferiu um tapa em seu rosto. Na sequência, o autor a derrubou no chão.

Com a queda, a jovem bateu a cabeça na sarjeta e sofreu um corte na testa. O entregador permaneceu em silêncio e não quis passar nenhuma informação. Ele foi levado até a delegacia. Há cerca de um mês, a mulher havia registrado um boletim de ocorrência por violência doméstica, mas o casal reatou o relacionamento pouco tempo depois. O delegado estipulou fiança de dois mil reais, mas o rapaz não pagou o valor e permaneceu preso.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Final de tarde registra ventos fortes e chuva com granizo em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!A tão esperada chuva chegou a Araçatuba no final da tarde deste domingo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *