28.3 C
Araçatuba
sábado, junho 25, 2022

Trânsito faz mais uma vítima em Araçatuba no fim de semana

A violência no trânsito fez mais uma vítima em Araçatuba na madrugada de segunda-feira (03). Um jovem de 27 anos de idade morreu após bater a motocicleta que conduzia no portão de uma residência e em seguida em uma árvore. O caso aconteceu na rua Bolívia, no bairro Jardim Aclimação.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, William Henrique dos Santos Sousa seguia no sentido centro/bairro por volta das 2h40 com uma moto Honda/NC-4 Falcon quando, por motivos desconhecidos, perdeu o controle da direção ao fazer uma curva acentuada à esquerda, colidiu contra a guia da calçada, o portão de uma casa e em seguida em uma árvore.

Com o impacto da batida, a vítima foi arremessada e teve diversos ferimentos. Ela foi socorrida por uma unidade do Resgate, do Corpo de Bombeiros, e levada até o pronto-socorro da Santa Casa. Ela já chegou até a unidade hospitalar sem vida. O corpo foi encaminhado até o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. Depois, foi liberado para o velório e o sepultamento.

INVESTIGAÇÃO

Policiais militares que faziam patrulhamento nas imediações foram acionados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) e isolaram a área para o trabalho da perícia técnica. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nas investigações.

Segundo o que foi apurado pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, existem câmeras de segurança nos estabelecimentos próximos ao local do acidente. As imagens poderão auxiliar a Polícia Civil na apuração. O caso foi registrado como morte suspeita. Um inquérito foi aberto pelo terceiro distrito policial do município.

MORTES

Com essa nova morte, Araçatuba já registrou somente neste ano 13 óbitos por acidentes. Isso significa um aumento em relação ao ano passado, quando foram contabilizadas nove mortes.

No último dia cinco de novembro, uma mulher morreu em outro acidente envolvendo motocicleta no município. A vítima, identificada como Cláudia Santos, seguia com a motocicleta após sair do trabalho em uma padaria quando no cruzamento das ruas Marquês de Abrantes com a Canjiro Takebe foi atingida por um caminhão.
Ela chegou a ser socorrida e encaminhada até o pronto-socorro da Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu alguns minutos depois. O local foi isolado para o trabalho da perícia técnica. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias.

Ultimas Noticias