18.1 C
Araçatuba
quinta-feira, agosto 18, 2022

Polícia intensifica investigação e buscas

Desde os primeiros momentos após o assalto as polícias Civil e Militar de Araçatuba estão trabalhando na busca de informações. Toda informação que chegou foi verificada. Os policiais estão trabalhando em regime especial. De acordo com um policial, diariamente chegam dezenas de informações sobre locais suspeitos. Todos devem ser verificados e com cuidados especiais. “Não sabemos o que vamos encontrar”, diz. O comandante da PM, coronel Carlos Alberto Machado pediu à população que informasse qualquer ação suspeita. O delegado Marcelo Curi, da Seccional de Araçatuba, também diz que é muito importante as informações.

Foi com base nestas informações que a polícia chegou a ranchos e chácara em Coroados, Brejo Alegre e Buritama. Nestas áreas a polícia busca qualquer indício que possa revelar quem são e de onde vieram os bandidos.

O delegado Antônio Paulo Natal é muito comedido nas informações. Ele diz que é preciso cautela para não comprometer as investigações.

Um experiente policial revelou à reportagem que este tipo de roubo não é feito por apenas por uma quadrilha. “Há os cabeças, mas depois outras pessoas são contratadas para fazer o serviço paralelo, como fechar a Rondon, atirar em lâmpadas e fazer a contenção de policiais. Muitas vezes estes nem sabem quem são os cabeças. Por isso a investigação é ainda mais complexa. O nível de informação de cada um é limitado. Só os cabeças sabem tudo”, explicou.

Antônio Crispim

Ultimas Noticias