14.7 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 10, 2022

Natal tem aumento de 50% nos flagrantes de excesso de velocidade nas rodovias

O Natal terminou com mais autuações por excesso de velocidade, o não uso do cinto de segurança e ultrapassagens em locais proibidos, segundo balanço da Polícia Rodoviária Estadual durante a realização da Operação Natal 2019. O número de acidentes também aumentou, mas deve-se levar em conta que a operação deste ano contou com um dia a mais em relação ao mesmo período do ano passado.

Em 2018 foram dez acidentes com nenhuma vítima fatal. Neste ano, a polícia registrou 16 colisões, sendo uma com a morte da fisioterapeuta Larissa Pagani Lopes, de 30 anos. Ela conduzia um veículo Chevrolet/Sonic pela rodovia Elyéser Montenegro Magalhães (SP-463) quando perdeu o controle da direção e bateu de frente contra um caminhão carregado com mais de 50 toneladas de adubo. A vítima chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa.

O número de pessoas flagradas dirigindo embriagadas se manteve o mesmo do ano passado, ou seja, de 25 condutores, mesmo com aumento de 30% dos testes do bafômetro realizados nos motoristas que trafegaram pelas rodovias da região durante o período.

Mas, a imprudência e a falta de consciência de muitas pessoas foram responsáveis pelo aumento de infrações de itens básicos de segurança. O excesso de velocidade teve um salto de 50% em relação a 2018. Naquele ano, 821 condutores foram autuados. Neste, 1.233 não respeitaram a  velocidade máxima permitida.

O não uso do cinto de segurança teve ligeiro aumento de 3,7% com cinco casos a mais do que o ano passado. Já os flagrantes de ultrapassagens proibidas subiram 20% com 95 registros contra 79 no mesmo período.

A operação Natal terminou na noite de quarta-feira (25), mas nessa quinta (26), as equipes do policiamento rodoviário já deram início à operação Ano Novo, que segue até o próximo dia 5 de janeiro de 2020, onde um novo balanço deverá ser divulgado.

 

Ultimas Noticias