Justiça de Araçatuba condena trio flagrado com mais de cem quilos de maconha

Compartilhe esta notícia!

A Justiça de Araçatuba condenou três homens na manhã dessa sexta-feira (6) por transportar grande quantidade de maconha em fevereiro deste ano na cidade. Cícero Mateus Correia da Silva foi condenado a nove anos de reclusão, enquanto Luciano Debes a dez anos e Marcus Vinícius Zavanello Júnior a 11 anos e oito meses de prisão. O cumprimento da pena deverá ser em regime inicial fechado.

Conforme informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, no último dia 11 de fevereiro deste ano, os réus foram flagrados com mais de cem quilos de maconha na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Araçatuba. Eles também carregavam R$ 1.115,00 em dinheiro e R$ 3.960,00 em cheque.

Os policiais militares faziam patrulhamento de rotina naquela madrugada quando se depararam com dois motoristas trafegando em baixa velocidade nas proximidades de um shopping com os faróis apagados. A notarem a presença das viaturas, os acusados fugiram. O condutor do veículo Peugeot/208 era o réu Cícero. Com ele, a polícia encontrou R$ 620,00 em dinheiro. Já no porta-malas do carro havia cem tabletes de maconha.

Consta nos autos que informalmente, Cícero disse que receberia R$ 6 mil do réu Marcus Vinícius pelo transporte e que os ocupantes do outro carro (Marcus Vinícius e Luciano) atuavam na vigilância. Com a dupla foram apreendidas as quantias de R$ 240,00 e R$ 255,00, além de um cheque de R$ 3.960,00.

O Ministério Público requereu a condenação do trio, enquanto os defensores solicitaram a improcedência da ação penal, pedindo a absolvição dos acusados alegando fragilidade das provas.

Na sentença, o juiz de direito Emerson Sumariva Júnior entendeu a comprovação da autoria e a materialidade pelo auto de prisão em flagrante, pelo boletim de ocorrência, pelo auto de exibição e apreensão e pelos laudos periciais. “Todos encontrados nos autos, além dos depoimentos seguros das testemunhas”, acrescentou.

Por isso, o magistrado entendeu que não restaram dúvidas a respeito da prática dos crimes. “As circunstâncias da apreensão e a expressiva quantidade de entorpecente apreendida, além da soma de dinheiro encontrada com os réus, em plena madrugada, somados aos seguros depoimentos dos policiais, não deixam dúvidas de que os réus praticaram os crimes descritos na denúncia”, afirmou.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Homem é preso com droga no Nova Americana

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O Setor de Investigações Gerais -SIG-,  da Polícia Civil …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *