20.3 C
Araçatuba
terça-feira, agosto 9, 2022

Homem morre após treinar judô em Araçatuba

A Polícia Civil de Araçatuba vai abrir inquérito para investigar a morte de um atleta de apenas 36 anos de idade na cidade. A vítima teve um mau súbito ao chegar na residência do pai após treinar judô, não resistiu e morreu antes mesmo de chegar ao hospital. O caso ocorreu na noite de segunda-feira (08).

O pai de Alexandre Guaraci Ike do Patrocínio, de 67 anos de idade, compareceu até a Central de Flagrantes para registrar um boletim de ocorrência. Ele contou em depoimento aos investigadores que o filho sempre levou uma vida saudável, voltada ao esporte.

Mas após passar por um treino de judô, Patrocínio começou a se sentir mal. Ele saiu do treino e foi para a casa do pai reclamando de uma indisposição estomacal. O homem chegou a tomar um antiácido na tentativa de melhorar o desconforto, mas não adiantou.

Logo após tomar o medicamento, ele caiu repentinamente desacordado no chão. Um vizinho foi chamado pelo pai do atleta e começou a fazer massagem cardíaca até a chegada de uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

As equipes prestaram os primeiros atendimentos, mas Patrocínio morreu antes mesmo de chegar até a unidade hospitalar. O corpo foi encaminhado até o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nas investigações. Depois, o corpo foi liberado para o velório e o sepultamento.

A Polícia Civil registrou o caso como morte suspeita e abriu inquérito pelo segundo distrito policial do município para investigar as circunstâncias da morte do rapaz, que já havia conquistado diversos títulos dos campeonatos que participou ao longo da vida.

Ultimas Noticias