21.5 C
Araçatuba
terça-feira, agosto 16, 2022

Homem é golpeado na cabeça com facão durante a virada do ano

A Polícia Civil de Araçatuba vai investigar uma tentativa de homicídio entre a noite do dia 31 de dezembro e o dia primeiro de janeiro de 2022 na Avenida Joaquim de Pompeu de Toledo, no bairro da Saudade. Um homem de 43 anos foi golpeado na cabeça com um facão durante uma briga. Um desempregado de 42 anos chegou a ser conduzido para a delegacia como suspeito da tentativa de homicídio, mas foi liberado por falta de provas.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os policiais militares faziam patrulhamento de rotina quando receberam chamado do Copom (Central de Operações da Polícia Militar) de um possível acidente de trânsito no local. Mas, chegando lá, as equipes tomaram conhecimento de que na realidade havia acontecido uma briga em que o autor golpeou a vítima na cabeça com um facão.

O segurança do restaurante informou que o suspeito estaria vestindo uma camiseta do São Paulo Futebol Clube. Diante disso, os PMs passaram a fazer diligências e o encontraram na rua Primeiro de Maio. O homem tinha manchas de sangue e estava sob efeito de álcool e drogas.

Na revista pessoal e em um terreno baldio nas imediações, nada de ilícito foi localizado. O garçom o reconheceu como sendo o autor das agressões, mas uma terceira pessoa, a qual não foi identificada disse que ele não seria o indiciado. Questionado, o investigado contou que teria trocado de camiseta com uma pessoa conhecida como “Pardal”, também moradora de rua, além de afirmar ser integrante de uma facção criminosa. Ele contou ainda que estava com o suposto autor no momento da tentativa de homicídio e não sabia o seu paradeiro.

A vítima foi levada para a Santa Casa em estado grave, porém estável. Ela apresentava um corte profundo na cabeça. Já o indivíduo abordado foi levado para a delegacia, mas houve forte resistência no trajeto até a Central de Flagrantes, sendo necessário o uso de algemas.

O delegado plantonista ouviu a declaração do homem, mas decidiu liberá-lo por falta de elementos que pudessem colocá-lo como participante do crime. Um inquérito foi aberto para dar andamento aos trabalhos investigativos.

Ultimas Noticias