Home Plantão Policial Anac interdita avião flagrado fazendo manobras perigosas no Tietê

Anac interdita avião flagrado fazendo manobras perigosas no Tietê

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) interditou uma aeronave pertencente a um empresário de Araçatuba após ter acesso a vídeos que mostram o avião realizando manobras arriscadas no rio Tietê no último fim de semana. A Polícia Civil do município também abriu inquérito para apurar quem seria o piloto no momento que as imagens foram gravadas.

 

De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, são vários vídeos gravados de diversos ângulos. Um deles mostra o avião, prefixo PP-MFK, ganhando velocidade para decolagem às margens do rio, perto de um resort. Ao lado, um buggy com algumas pessoas, tenta acompanhar a aeronave, até que ela ganha distância e sobe.

 

Na sequência, o piloto faz uma curva acentuada para a esquerda, perde sustentação e por muito pouco não colide na água. Os últimos trechos da filmagem mostram o avião dando um rasante bem próximo de árvores, banhistas e construções. O mesmo vídeo foi filmado por outras pessoas, em ângulos diferentes. Uma delas diz. “Ah, vai cair”.

 

Outro vídeo mostra um avião, também de pequeno porte, pousando na prainha. O prefixo da aeronave é PT-IQA. A Polícia Civil recebeu as gravações e abriu inquérito pelo terceiro distrito policial. O caso foi registrado como abuso na prática de aviação, de acordo com o delegado Getúlio Nardo.

 

“Primeiro será apurado a contravenção penal por manobras perigosas em local inapropriado com a aeronave. Já temos o prefixo de duas aeronaves e os proprietários já foram identificados. Eles serão contatados para que indiquem quem eram os pilotos quando dessas manobras. Isso será apurado na área criminal e a Anac também já se manifestou e tomará providências”.

 

Ainda de acordo com o delegado, a hipótese de que os pilotos estivessem embriagados também não é descartada. “A gente percebe, inclusive há informações não oficiais, de que poderia haver pessoas embriagadas pilotando essa aeronave. Isso será apurado e, obviamente, os responsáveis responderão por isso”, concluiu.

 

INTERDIÇÃO

 

Depois de ter acesso aos vídeos, a Anac interditou a aeronave de prefixo PP MFK, ou seja, ela não poderá mais voar até última ordem. A Agência informou também que abriu dois processos administrativos para investigar o caso.

 

“É importante ressaltar que o piloto e o operador da aeronave poderão ser responsabilizados administrativamente pela Agência. Ao final do processo, a aeronave e o piloto poderão ter seus certificados cassados”, afirmou a nota enviada à imprensa.

 

A reportagem tentou entrar em contato com o proprietário da aeronave, mas não teve êxito.

 


Compartilhe esta notícia!