24.1 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 17, 2022

Fora contra o Guarani, Norberto revela angústia e prega calma por acesso do América

O cartão amarelo aplicado para Norberto no duelo contra o Boa Esporte, no último final de semana, resultou na suspensão do lateral-direito do América frente ao Guarani, no sábado, às 17h30, no Brinco de Ouro, em Campinas, pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Restando seis jogos para o término da competição, o Coelho vive a expectativa pelo retorno à elite do futebol nacional, e ninguém quer ficar de fora desta reta final, caso do camisa 2.

Norberto não escondeu a angústia por não poder atuar em Campinas. A última vez que o lateral-direito desfalcou o América foi no fim de julho, quando sofreu um estiramento na panturrilha esquerda. Na ocasião, o jogador passou pouco mais de um mês se recuperando, até que voltou a ser utilizado no dia 15 de setembro, no empate em 1 a 1 entre Coelho e Ceará, no Castelão. Daí em diante, foram nove partidas sendo titular no time comandado por Enderson Moreira.

“É sempre muito ruim estar suspenso, principalmente em uma reta final de competição em que todos têm que estar à disposição. Estar assistindo sem poder ajudar é uma angústia grande. Mas vou ficar ligado e torcendo pelo grupo nesta partida contra o Guarani para voltarmos a vencer fora de casa. Estamos precisando de um ótimo resultado para permanecermos firmes no G4”, afirmou Norberto.

A importância do duelo no interior de São Paulo se dá por dois motivos: além do América maximizar suas chances de voltar à Série A, o time poderá retomar a vice-liderança da Série B, atualmente ocupada pelo Ceará, com 58 pontos. Assim, o Coelho, terceiro colocado com um ponto a menos, torce por um tropeço do Vozão contra o Juventude, nesta sexta-feira, às 19h15, no Alfredo Jaconi. Mas não basta apenas ‘secar’ o rival. A equipe alviverde precisa vencer o Guarani e findar o jejum de vitórias, que já dura três jogos.

Desta forma, Norberto prega tranquilidade e aposta na experiência do elenco para garantir o retorno à elite do futebol. “O que a gente tem evitado muito aqui é a ansiedade. Não adianta ficar pensando muito lá na frente, até porque pode atrapalhar. Temos um grupo muito experiente e que está sabendo dosar isso. Vamos pensar jogo a jogo. Serão seis jogos decisivos e que daremos a vida para levarmos o América de volta para a Série A”, concluiu.

Para o jogo contra o Guarani, Enderson deverá, mais uma vez, improvisar um dos volantes que já foram utilizados como laterais. Juninho, atualmente, é titular no meio-campo, ao lado de Ernandes. Sendo assim, Zé Ricardo e Christian aparecem como favoritos para disputar a posição deixada por Norberto.

Da Redação

Ultimas Noticias