CUIDADOS - Com base em deliberações do comitê, município suspende apresentações musicais devido ao aumento de casos de covid

Saúde alerta para a realidade do aumento de novos casos positivos no município

Compartilhe esta notícia!

 

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio do setor de Vigilância Epidemiológica, na divulgação diária do Boletim Epidemiológico COVID-19, vem alertando e colocando constantemente a população a par da realidade do aumento dos números de casos positivos de covd-19. Por exemplo, como consta no Boletim Epidemiológico COVD-19, divulgado nesta quarta-feira (16), foram confirmados 54 novos casos positivos e no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, estão internadas 18 pessoas, incluindo de outros municípios.

 

REALIDADE EM TRÊS LAGOAS

 

Três Lagoas chegou a 23.268 notificações da doença, sendo 3.777 confirmados positivos e 19.491 negativo. Entre os positivos, 3.196 já se recuperaram da doença, mas, infelizmente, 52 pessoas morreram e o número de casos ativos da COVD-19 é de 529 pessoas. Os Boletins Epidemiológicos podem ser consultados no portal da Prefeitura (www,treslagoas.ms.gov.br).

Como vem alertando, quase que diariamente, a secretária de Saúde, Angelina Zuque, “ninguém sabe as razões, mas, nas últimas semanas, vem se propagando em Três Lagoas a falsa e perigosa sensação de que a pandemia da COVD-19 está no fim e que não existe mais a gravidade do perigo da doença, que já levou a óbito tantos amigos e entes queridos das nossas famílias. Infelizmente, as pessoas insistem em querer relaxar nas medidas de biossegurança e higiene”.

 

MÉDICO DE FAMÍLIA E COMUNIDADE

O médico de Família e Comunidade, atualmente lotado na equipe do setor da Vigilância Epidemiológica da SMS, Vinícius de Jesus Rodrigues Neves, reforça que “a pandemia não só continua existindo, como tem perspectivas de piora nas próximas semanas, coisa que já está acontecendo nos municípios próximos, com UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) lotadas e aumento grande do número de casos de Coronavírus”, alertou.

“Aglomerações, festas, confraternizações sempre trazem consigo o risco de contaminações e, a cada contaminação, o vírus circula mais. Quanto mais aglomerações, mais vírus teremos circulando e, com isso, mais pessoas contaminadas, resultando em mais internações e mais óbitos. E isso, as pessoas insistem em não querer enxergar”, advertiu o médico.

 

SINTOMAS MAIS COMUNS

Os sintomas mais comuns são tosse seca, febre, dor de cabeça, dor de garganta, coriza, dores no corpo, mal estar geral, fraqueza, diarreia, perda ou alteração de olfato, perda ou alteração de paladar. Em casos mais graves, pode levar a intensa falta de ar, com necessidade de oxigenação. É transmitida através de secreções respiratórias (tosse, espirro, fala…), principalmente, ou pelo contato dos olhos, nariz ou boca com mãos ou outra superfície contaminada. Importante lembrar que não existe tratamento para a COVID-19. Ela se porta como uma gripe e, para tal, usam-se medicações sintomáticas: antitérmicos e analgésicos para febre e dor, além de hidratação, resolvem bem o problema.

Em aglomerações, se não houver os devidos cuidados, “se nesse meio, estiver alguém contaminado, a probabilidade de contrair a doença é bastante alta. Em proximidade e sem uso correto de máscara, uma pessoa contaminada pode contaminar um grande número de outras pessoas, que disseminarão depois o vírus pra dentro de suas casas, locais de trabalho e por onde mais passarem”, alertou o médico de Família e Comunidade.

 

 

Apresentações musicais estão temporariamente suspensas

A Prefeitura publicou o decreto número 306 que “dispõe sobre a suspensão temporária de apresentações musicais ao vivo, acústicas ou eletrônicas, nos estabelecimentos comerciais, sociais, em festas, eventos, reuniões domiciliares e  confraternizações em geral, na forma que específica, na cidade de Três Lagoas MS, em razão da pandemia decorrente do coronavírus.” A  suspensão é valida por 20 dias, no período de 18 de dezembro a 6 de janeiro de 2021.

 

CONSIDERAÇÕES

O decreto julgou as deliberações do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao novo coronavírus – COVID-19, instituído pelo Decreto Municipal nº. 046, de 16 de março de 2020, considerando ainda a imperiosa necessidade de avaliar constantemente as medidas adotadas de maneira a conter a proliferação do coronavírus e a necessidade de se evitar a aglomeração de pessoas e com isso conter o avanço do Coronavírus.

Ainda de acordo com o decreto “a competência constitucional municipal para a defesa da saúde pública voltada ao interesse coletivo local e objetivando a proteção de todos os cidadãos, indistintamente, e a decisão do Plenário do Supremo Tribunal Federal, proferida na data de 15 de abril de 2020, nos autos da Ação Direta de Inconstitucionalidade n. 6.341 – DF, reconhecendo a competência concorrente da União, Estados, DF e Municípios no combate à COVID-19”, diz o documento.

 

 

Cultura cancela Concerto de Natal no Hospital Auxiliadora

 

A diretoria de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), comunica que o evento “Concerto de Natal” que seria realizado no domingo (20) na capela do Hospital Auxiliadora foi cancelado.

A medida é em respeito ao Decreto Municipal nº 306 que suspende apresentações musicais e altera as medidas de prevenção e segurança de contaminação pelo novo Coronavírus.

O Concerto de Natal seria apresentado pelo Quinteto de Cordas, grupo formado por músicos da diretoria de Cultura de Três Lagoas.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Volta às aulas da rede municipal é marcada com tranquilidade e segurança

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Após um ano de espera devido à pandemia, os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *