Home Cidades Iniciadas as obras de restauração do Consulado Português

Iniciadas as obras de restauração do Consulado Português

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Na manhã desta quarta-feira (21) o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, promotor Antônio Carlos, o vice-prefeito Paulo Salomão, secretários e diretores; deram início às obras de restauração e conservação do edifício de patrimônio histórico, denominado Consulado Português.
Joaquim Pauliquevis, filho e neto de Teotônio Mendes que era o dono do imóvel e vice-cônsul de Portugal no Brasil, participou da cerimônia sendo reverenciado por todos pela contribuição que a sua família deu para o crescimento de Três Lagoas.

EXIGÊNCIA DO MP
O Casarão Português teve ação movida pelo Ministério Público para preservação do patrimônio histórico da Cidade sendo uma exigência do órgão sua restauração. Angelo Guerreiro foi elogiado nos discursos do diretor de Cultura, Rodrigo Fernandes e do promotor de meio ambiente Antônio Carlos, por ter sido o único prefeito a não ficar na promessa, mas cumprir com a valorização da cultura histórica do Município.
“O dia de hoje foi uma luta que desbravei com vários prefeitos e nenhum cumpriu com a promessa que hoje o senhor está não só cumprindo, mas realizando. Parabéns prefeito pelas decisões que tem tomado pela administração da Cidade, pois no final quem decide é o senhor”, disse Antônio Carlos.
Para mim é uma honra muito grande estar aqui e fazer parte deste marco histórico para Três Lagoas em ver sua história sendo preservada por um prefeito que não mede esforços para resgatar a cultura da Cidade. E tenho certeza que daqui a 50 anos todos lembrarão do prefeito Angelo Guerreiro que tanto administrou a sua Cidade com amor e zelo”, disse Rodrigo.
Joaquim, que visitou ao lado do prefeito a residência em que morou entre 1991 a 1995 apresentando todos os ambientes da casa, agradeceu o empenho, apoio e comprometimento de todos para a realização da restauração.
O prefeito Angelo Guerreiro agradeceu o apoio de todos que estão empenhados na obra e disse que se sente feliz e honrado por fazer parte deste marco. “Nós temos um compromisso com a Cidade e o nosso governo não faz maquiagem, faz trabalhos bem feitos. Quando o recurso da CESP entrou eu já pensei logo aqui e esperamos que este imóvel sirva a população sendo futuramente um museu, um acervo cultural como bem disse o promotor Antônio Carlos”, disse.

DADOS
Em janeiro deste ano a Administração Municipal contratou a empresa Retro Projetos de Restauro, com sede em Goiás, por R$137 mil para elaborar o projeto e em maio deste ano abriu licitação para a empresa Bergamo Construtora, que venceu, executar a obra no prazo de 15 meses.

HISTÓRIA
O casarão foi construído pelo vice-cônsul de Portugal no Brasil, Teotônio Mendes e pertenceu a sua família até 2015.

 


Compartilhe esta notícia!