Home Cidades Concessionária avança com obras de melhorias no sistema Santa Cecília

Concessionária avança com obras de melhorias no sistema Santa Cecília

4 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

Fornecer água de qualidade é uma das prioridades da Águas Andradina e com este foco a empresa segue com o plano de melhorias no sistema de captação, reservação e distribuição de água na cidade.
Na última semana, entrou em operação as novas instalações do sistema Santa Cecília onde foram investidos cerca de R$ 700 mil. Esse complexo, considerado um dos mais importantes da cidade, é composto por seis poços e é responsável por levar água para os moradores dos bairros Santa Cecília, Bela Vista, Nova Esperança, Barbaroto, Benfica, Rodoviária, Peliciari, Antena, Centro Baixo, Passarelli, Alvorada, Parque Santo Antônio e Jardim Europa.
Essa ação permite um aumento considerável da reservação dos atuais 403 mil litros para 1,2 milhão de litros. A próxima etapa será a modelagem hidráulica para viabilizar a implantação da setorização desse sistema com os outros da cidade.
Para mais informações, a população pode entrar em contato pelos telefones 0800 775 0195 ou (18) 3702-9189, ou pessoalmente no nosso antedimento na Rua Doutor Orensy Rodrigues da Silva, 1062.

Qualidade comprovada
A Águas Andradina investe constantemente em novas tecnologias no sistema de distribuição, controle de nível dos reservatórios, melhorias em todo sistema.
A água distribuída para os andradinenses tem qualidade comprovada. Antes de chegar até as torneiras dos 22,5 mil imóveis da cidade, a água recebe um tratamento com hipoclorito de sódio (cloro) e ácido fluossílicico para fluoretação na dosagem exata recomendada pelo Ministério de Saúde. A qualidade é medida por intermédio de amostras coletadas nos 43 poços ativos, nas saídas de tratamento e nas redes de distribuição e encaminhadas para um laboratório especializado, próprio da Águas Andradina. São realizadas cerca de 2,6 mil provas físico-químicas e 630 análises bacteriológicas por mês para monitorar aspectos como presença de cloro, flúor, pH, turbidez, cor, coliformes totais Escherichia Coli e bactérias heterotróficas. Os resultados mostram que a concessionária atende todos os parâmetros exigidos pela Portaria 05/2017 do MS – que define os procedimentos de controle e de vigilância da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

 


Compartilhe esta notícia!