Home Cidades Três Lagoas Comitê altera toque de recolher para meia noite, devendo comércio fechar as portas às 23h30

Comitê altera toque de recolher para meia noite, devendo comércio fechar as portas às 23h30

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Os membros do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 se reuniram na tarde desta quinta-feira (22), para definir novas medidas a serem tomadas em Três Lagoas. Diversos segmentos entregaram planos de ação, que foram apresentados, porém, serão analisados e discutidos na próxima semana.

 

IDOSOS

 

Foi aprovada a entrada de idosos até 70 anos sem comorbidades e doenças crônicas em shoppings, igrejas, feiras e comércio em geral, desde que respeitando as normas de prevenção. A determinação passa a valer a partir da próxima segunda-feira (26).

 

COMÉRCIO NOTURNO E TOQUE DE RECOLHER

 

O Comitê decidiu estender em uma hora o horário limite para funcionamento do comércio noturno e do toque de recolher. Sendo assim, a partir da próxima quarta-feira (28), os estabelecimentos comerciais devem encerrar atendimento e apresentação musical às 23h, devendo fechar as portas às 23h30. O toque de recolher passa a vigorar a partir da meia noite.

 

Outra proposta que foi apresentada é o retorno das aulas em escolas particulares. Os planos de ação apresentado por três dessas instituições serão analisados e discutidos no próximo encontro. As novas regras estão publicadas no Diário Oficial dos Municípios nesta sexta-feira (22).

 

ACOMPANHAMENTO

O  Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 tem se reunido semanalmente para analisar as propostas apresentadas por diferentes setores da comunidade, assim como as orientações do governo estadual. Com  isso, o comitê, formado por representantes do poder público, da sociedade e do Ministério Público, procura estabelecer critérios visando a saúde da população e comprometendo o mínimo possível a atividade econômica.

O trabalho vem sendo realizado desde o início da pandemia. Além disso, o município desenvolve ações para exigir o cumprimento do que é aprovado pelo comitê.

 


Compartilhe esta notícia!