18.9 C
Araçatuba
segunda-feira, maio 16, 2022

Com o fim da piracema, pesca está liberada

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA-TRÊS LAGOAS

O período de defeso reservado para reprodução dos peixes, denominado de piracema, terminou nessa segunda-feira (28) em São Paulo e Mato Grosso do Sul. Portanto, a partir desta terça-feira, último dia do período carnavalesco, estará aberta a temporada de pesca 2022 nos dois estados, que têm regras diferentes. Por isso, quem quiser pescar deve ficar atento às normas estabelecidas pelas autoridades para não cometer crime eleitoral ou mesmo sofrer autuações.

Em São Paulo a piracema começou no dia 1º de novembro de 2021. Neste período, a Polícia Militar Ambiental desenvolveu várias ações para coibir abusos e atividade pesqueira em locais proibidos. Neste período foram apreendidas redes e outros equipamentos de pesca, além de feitas várias autuações. Já em Mato Grosso do Sul, a piracema começou no dia 5 de novembro, também com regras bastante rígidas para preservar a reprodução dos peixes de várias bacias. A pesca do dourado segue proibida até 2024, conforme Lei 5.231, Lei nº 5.321 de 10 de janeiro de 2019.

Para proteção dos peixes, desde 2020 Mato Grosso do Sul estabeleceu novas regras para pesca. Só é permitido ao pescador levar um exemplar de peixes de espécie nativa (por exemplo: pacu, pintado, cachara, jaú, dentre outros), além de cinco exemplares de piranhas, dentro das medidas mínima e máxima. Se a espécie pescada estiver fora dos tamanhos permitidos, deve ser solta imediatamente no local. Com relação às espécies consideradas exóticas, não há cota. O pescador pode levar qualquer quantidade que conseguir pescar. São consideradas exóticas (não pertencem à fauna local) as espécies apaiari, bagre africano, black bass, carpa, peixe-rei, sardinha-de-água doce, tilápia, tucunaré, zoiudo, tambaqui).

 

ECONOMIA

Na região de Araçatuba (SP) e em várias regiões de Mato Grosso do Sul (notadamente o pantanal), a pesca tem grande importância econômica. Em São Paulo, são dezenas de condomínios às margens dos rios e que fortalecem a economia de várias cidades. Já em Mato Grosso do Sul há estrutura pesqueira, com hotéis especializados, piloteiros e outros profissionais que atuam na área e dependem da pesca. Por isso, a abertura da temporada é muito comemorada.

 

 

Ultimas Noticias