20.4 C
Araçatuba
quinta-feira, maio 26, 2022

SAÚDE PROMOVE EVENTO PARA DISCUTIR AÇÕES DE COMBATE ÀS ARBOVIROSES

O Departamento de Saúde de Buritama realizou ontem (16) formação com o tema “Fortalecimento das ações de combate às Arboviroses”. Participaram profissionais de saúde, representantes do conselho municipal, vereadores e moradores de Buritama, ao todo 80 pessoas discutiram ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, chikungunya, zika e febre amarela.
Entre os assuntos, o público pode entender Clínica das Arboviroses, diagnóstico e tratamento; Situação Epidemiológica Municipal das Arboviroses e trabalho do controle vetorial e trabalho de campo desenvolvimento pela equipe. Os temas foram abordados pela médica Renata Chitomi Onishi, Milenne Ura Dias – Diretora Técnica II do Grupo de Vigilancia Epidemiológica XI (GVE XI) Araçatuba-SP e Tania Mara Tomiko Suto, agente técnico de Saúde da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) Araçatuba.
A capacitação, conforme a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Mirlene Cristina de Freitas Garcia, quer alertar os profissionais sobre os perigos das doenças e reforçar o trabalho em conjunto, com as agentes comunitárias, enfermeiros e equipe médica. O primeiro trabalho é a conscientização da população para eliminar os criadouros do mosquito durante todo ano.
“Considerando que o controle das arboviroses é um desafio para a saúde pública do País, amplamente distribuído no território nacional, a população brasileira encontra-se exposta a infecção por esse arbovírus e não seria diferente em nosso município”, disse a enfermeira.
Segundo o diretor do Departamento de Saúde, Edilson Carlos Paiva, o controle do Aedes depende da parceria entre poder público e moradores. “O morador deve se conscientizar que é simples combater o mosquito Aedes, basta manter sua casa sem criadouros, os esforços mútuos são imprescindíveis para que a doença não apareça no município”, disse ao acrescentar que “caso haja suspeita da doença o morador deve ir imediatamente a uma Unidade de Saúde”, concluiu.

DA REDAÇÃO
Buritama

Ultimas Noticias