Home Cidades Polícia apura morte de mecânico que foi encontrado seminu às margens de rodovia

Polícia apura morte de mecânico que foi encontrado seminu às margens de rodovia

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Um mecânico de 48 anos morreu depois de ser encontrado seminu às margens da rodovia Elyéser Montenegro Magalhães (SP-463), em Araçatuba, na madrugada dessa sexta-feira (28). O carro que supostamente era conduzido pela vítima foi localizado durante a manhã, caído na canaleta de escoamento de águas pluviais da pista. A causa da morte de Wellington Willian Ribeiro da Marta ainda é um mistério para a polícia.

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL acompanhou os trabalhos dos policiais militares e rodoviários na localização do veículo GM/Corsa, na altura do quilômetro 45. Até aquele momento, o homem ainda não havia sido identificado.

Horas antes, ele foi socorrido apenas de cueca por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) na rua Clibas de Almeida Prado, atrás do cemitério Recanto de Paz, no bairro Rosele, a alguns metros de distância onde estava o carro.

A vítima parecia bastante confusa, ora falava ter sofrido um acidente de trânsito ora dizia ter sido agredida. A médica plantonista que realizou o atendimento médico contou que o paciente deu entrada na unidade com algumas costelas quebradas e lesões no maxilar e abdômen. Cinco horas depois, o estado de saúde piorou com o enfraquecimento dos sinais vitais, por isso o mecânico teve que ser entubado. Ele acabou sofrendo uma parada cardíaca e não resistiu.

LOCALIZAÇÃO DO CARRO

Um transeunte passava pelas margens da rodovia quando avistou o carro caído na canaleta e decidiu acionar a polícia. Policiais militares e rodoviários compareceram até o local e desconfiaram de que o automóvel poderia ser do homem, já que estava muito próximo do local onde foi socorrido.

A área foi isolada para o trabalho da perícia técnica. Uma equipe da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) também esteve presente e apreendeu um par de chinelos, além de óculos. O veículo estava aberto, sem a chave no contato. Não havia nenhuma marca de sangue aparente. O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) realizou a apreensão.

RECONHECIMENTO

Em consulta à placa do carro localizado, os policiais descobriram que o mesmo pertencia a uma empresa de aviões instalada no aeroporto Dario Guarita, também em Araçatuba. Em contato com o responsável, os PMs foram informados de que o veículo estaria em uma oficina para manutenção.

O tio da vítima, que também é mecânico, soube do ocorrido e compareceu até a delegacia, onde fez o reconhecimento. Ele contou que na tarde anterior viu o sobrinho aparentemente embriagado dirigindo o automóvel, inclusive o orientou a não sair.

O corpo do mecânico foi levado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico, toxicológico, de dosagem alcoólica e de atos libidinosos. A Polícia Civil abriu inquérito e registrou o caso como morte suspeita.


Compartilhe esta notícia!