RETOMADA - Professor Marco Aurélio Barbosa de Souza diz que a retomada da economia já está refletindo na oferta de trabalho.

Principais municípios da região fecham junho com saldo positivo de empregos

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O Ministério da Economia divulgou nessa quinta-feira os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) relativos ao mês de junho e o fechamento do primeiro semestre. Os dados são positivos e mostram que a retomada da economia está refletindo diretamente no mercado de trabalho. Em junho, o Birigui liderou a geração de empregos, com saldo positivo de 381, com destaque para a indústria e comércio. Já no semestre, Andradina, com 1.220 vagas, ficou na frente, com destaque para serviços e indústria.

Para o economista e professor (FAC-FEA), Marco Aurélio Barbosa de Souza, especialista no estudo de economia local e regional, o desempenho do mercado de trabalho da região foi positivo e acompanha o resultado do país. A dinâmica empregatícia do mês de junho das principais cidades evidencia a recuperação da economia regional e traz boas perspectivas para os meses seguintes e para o fechamento do segundo semestre do ano.

Segundo Souza, o avanço da vacinação e o retorno gradativo a normalidade das atividades produtivas, inclusive dos setores de serviços com funcionamento noturno, entre os quais: bares, restaurantes, lanchonetes, entre outros, geram movimento no mercado, tornando-se um elemento alavancador e indutor de contratações e geração de postos de trabalho. Outro fator importante é o retorno às aulas presenciais, elemento que também impacta positivamente nas atividades produtivas, contribuindo para acionar um ciclo virtuoso de crescimento econômico. 

Destaca-se ainda segundo o especialista que o saldo positivo do mês de junho e também do acumulado no primeiro semestre do ano, ocorreu em todos os grandes municípios regionais, cujas economias apresentam características diferentes, uns com força maior no setor industrial, enquanto que outros tem seu dinamismo vinculado aos segmentos de comércio e serviço ou agronegócio exportador. “Percebe-se, portanto, desempenho favorável em todos os grandes setores produtivos, fator que traz equilíbrio à retomada da economia”, disse o especialista.

 

JUNHO

No mês de junho, em primeiro lugar fico o município de Birigui, com 381 vagas, com destaque para indústria e comércio. Em seguida vieram Araçatuba, com 251 vagas (serviços e comércio), Lins com 235 vagas (serviços e comércio), Andradina – 195 (serviços e comércio) e Penápolis, com 73 vagas (agropecuária e serviços). Como se observa, aumentou a oferta de trabalho no comércio e serviços, setores atingidos com as restrições no período da pandemia e que estão sendo gradativamente liberados, já refletindo nos postos de trabalho.

 

SEMESTRE

Na soma dos seis primeiros meses do ano, a liderança na geração de empregos é de Andradina, com 1.220 vagas criadas (serviços e indústria). Em seguida aparecem Araçatuba com 1.199 (serviços e construção), Lins com 1.100 vagas (serviços e indústria), Penápolis com 1.045 (serviços e agropecuária) e Birigui, com 716 (indústria e comércio).

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Obra da CPFL para melhorar o serviço deixa Vila Mendonça sem energia

Compartilhe esta notícia!Diego Fernandes – ARAÇATUBA Obra da CPFL para melhorar o serviço deixa Vila …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *