ABASTECIMENTO - Guararapes será uma das cidades contempladas com a construção de poço pelo governo estadual

Mais de 160 mil habitantes da região serão beneficiados com perfuração de poços

Diego Fernandes – Araçatuba / Andradina / Lins

Treze cidades das regiões de Araçatuba, Andradina e Lins vão ganhar poços para o abastecimento de água dos municípios no começo de 2022. O governo do estado de São Paulo lançou, nesta última semana, um processo de licitação para a abertura de 141 poços profundos em 125 municípios do estado, através do Departamento de Águas e Energia Elétrica.
O objetivo do governo estadual é reforçar a segurança hídrica destes municípios. Alguns deles tiveram problemas no abastecimento de água durante o período de estiagem este ano. Mirandópolis, por exemplo, que faz parte da lista, chegou a ficar mais de quatro meses em racionamento de água após as represas do local secarem devido à falta de chuvas.
Outro município que teve problemas com o abastecimento foi Guararapes, que não chegou a entrar em racionamento, mas precisou fazer constantes alertas à população pela diminuição do consumo durante o período de seca.
Além de Mirandópolis e Guararapes, outros municípios do chamado Baixo Tietê também serão beneficiados com a abertura de novos poços como Avanhandava, Barbosa, Bilac, Braúna, Lavínia, Murutinga do Sul, Guaraçaí e Santo Antônio do Arancanguá. Além disso, os municípios de Cafelândia, Sabino e Guaiçara, na região de Lins, também serão contemplados.
Outros municípios beneficiados no estado serão: Igaraçu do Tietê, Itaju, Bariri, Itápolis, Itapuí, Boa Esperança do Sul, Itirapina, Borborema, Borebi, Mendonça, Brotas, Reginópolis, Dobrada, Ribeirão Bonito, Elisiário, Sales, Guarantã, Tabatinga, Trabiju, Ibitinga e Ubarana.
O processo licitatório aberto pelo governo estadual prevê a contratação de uma empresa de engenharia que deve executar o serviço nestas cidades em um período de seis meses. A ideia do estado, é entregar as obras prontas no primeiro semestre de 2022. As obras devem começar no mês de janeiro.
O investimento previsto para as obras nos 125 municípios é de R$ 145 milhões e haverá o benefício de mais de 2 milhões de habitantes. Nas regiões de Araçatuba, Andradina e Lins, as treze cidades beneficiadas possuem juntas 168.564 habitantes, de acordo com dados do IBGE.
O programa lançado pelo governo do estado também prevê a construção de reservatórios metálicos com capacidade para até 200 mil litros de água junto a cada poço construído.
Francisco Eduardo Loduca, que é superintendente do Departamento de Água e Energia Elétrica do estado, afirmou que a perfuração destes poços deixará o estado ainda mais preparado para os períodos de estiagem e outros tipos de eventos climáticos.
“Com essas obras, o governo garante o abastecimento para mais de 2 milhões de pessoas, reforçando a segurança hídrica paulista”, disse Loduca via assessoria de imprensa.
A perfuração destes poços faz parte do programa “Água é Vida”, que ainda terá a revitalização de cerca de 3 mil quilômetros de cursos d´água em 260 municípios paulistas e a construção de mais duas barragens na região da bacia dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí.

Veja também

Central de Agendamento de teste Covid-19 será desativada

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que devido ao …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *