20.2 C
Araçatuba
sexta-feira, junho 24, 2022

ESTUDANTE AFRICANA FAZ PLANOS PARA LEVAR O PROJETO SORRISO FELIZ PARA CABO VERDE

O projeto Sorriso Feliz – Saúde da Boca na Primeiríssima e Primeira Infância, desenvolvido nas unidades de ensino mantidas pela Prefeitura de Birigui, poderá ser implantado em Cabo Verde, país africano onde a língua oficial é o português.

O “Sorriso Feliz” promove ações integradas visando à prevenção de cáries e outras doenças na saúde bucal de bebês e crianças na faixa etária de zero a três anos. Os pais e demais moradores que Birigui também recebem orientações em suas residências, por meio das visitas dos agentes comunitários de saúde.

Nas creches do governo municipal, acadêmicos da disciplina de Projetos Especiais da Faculdade de Odontologia (FOA) da Unesp Araçatuba fazem avaliação clínica nas crianças e ensinam educadores e pais como a procederem a higienização bucal. Os alunos da Unesp atuam em parceria com os agentes comunitários de saúde de Birigui, que receberam capacitação para os trabalhos. O projeto é desenvolvido por meio de uma parceria, de 2012, envolvendo a FOA e a Prefeitura de Birigui, por meio das secretarias de Educação e Saúde. A atuação dos agentes está prevista na lei municipal 6.584/2018, de autoria do prefeito de Birigui, Cristiano Salmeirão. A lei tornou obrigatórias as atividades de higienização bucal e de prevenção nas creches e escolas de tempo integral do município.

É um projeto de extrema importância para a saúde dos bebês e das crianças. Transformá-lo em lei foi produtivo e irá ajudar na melhoria da qualidade de vida dos moradores de Birigui”, comentou o prefeito Cristiano Salmeirão.

CABO VERDE

Segundo o coordenador do projeto, doutor Wilson Galhego Garcia, uma aluna do 4º ano da FOA, a africana Andreia Tairine Gonçalves Cardoso, de 23 anos, está fazendo planos para levar o projeto até sua cidade, Ilha de Santiago (Cabo Verde).

Andréia mudou para Araçatuba em 2014, quando iniciou sua vida universitária na Faculdade de Odontologia da Unesp. “Fiquei sabendo do Sorriso Feliz e fiz inscrição. Foi uma alegria quando fui chamada”, comentou a jovem. Na manhã desta sexta-feira, 24 de agosto, Andréia, o coordenador Wilson e demais alunos do projeto Sorriso Feliz estiveram no Centro de Educação Infantil (CEI) Ana Souto Trevisan e na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Oduvaldo Dossi. A africana, que este ano iniciou os “atendimentos” aos alunos de Birigui, disse que receberá apoio de uma ex-aluna da FOA que também mora em Cabo Verde. “Estamos nos estruturando para apresentar o projeto às autoridades de saúde de Cabo Verde. Paralelo aos estudos, estamos otimistas com relação a isso”, comentou a futura profissional da odontologia.

De acordo com o doutor Wilson Galhego, o “Sorriso Feliz” deverá ser implantado, em breve, nas cidades de Bilac e Coroados. Os municípios já procuraram informações sobre como aplicar o projeto junto aos alunos da primeiríssima e primeira infância.

DA REDAÇÃO
Birigui

Ultimas Noticias