15.5 C
Araçatuba
terça-feira, junho 28, 2022

Com estoques baixos, bancos de sangue pedem socorro

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

No dia 14 de junho comemora-se o Dia Mundial do Doador de Sangue. Várias ações são desenvolvidas para valorizar a reconhecer a importância do doador. Porém, esse ano, na semana em que a data foi comemorada, os bancos de sangue do Brasil alertaram para a queda nos estoques. Em Araçatuba, a situação do Banco de Sangue (anexo ao Hospital Unimed) e o Hemocentro (Avenida Ferreira da Costa) não é diferente. Os estoques estão em estado crítico.

Em razão das temperaturas mais baixas, do aumento das doenças respiratórias e dos casos de Covid, a queda nas doações de sangue vem se acentuando no GSH Banco de Sangue de Araçatuba. Atualmente, o déficit nos estoques sanguíneos chega a 60%, o que é considerado muito crítico.

 Para se ter uma ideia da situação, são necessárias 50 doações de sangue por dia, para atender com equilíbrio às demandas dos pacientes internados nos hospitais em tratamentos clínicos. Porém essa meta não vem sendo atingida nos últimos dias, a unidade está recebendo cerca de 20 coletas diárias, o que pode colocar os estoques de sangue em colapso.

 “Homenageamos e agradecemos a todos os doadores de sangue, que são verdadeiros heróis solidários que se dispõem a salvar vidas. Especialmente, neste momento em que nossos estoques estão em baixa, fazemos um apelo para que a população compareça ao nosso Banco de Sangue e faça a sua doação”, ressalta Gilson Cirino, captador de doadores do Banco de Sangue de Araçatuba.

 A instituição atende aos doadores de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h às 16h, na Rua Gaspar de Lemos, 2 – Jd. Alvorada – anexo ao Hospital Unimed.

 

HEMOCENTRO

No Hemocentro de Araçatuba a situação não é diferente. No início da semana a agente de captação, Aline Durante, informou que o estoque estava crítico e faltavam sangue tipos O e A. De acordo com a agente de captação Aline Durante, foi necessário fazer convocação de emergência devido ao aumento da demanda por conta da covid, dengue hemorrágica e casos novos de leucemia.

 

SANTA CASA

Na Santa Casa de Araçatuba o atendimento hemoterápico é feito pela agência transfusional. No início da semana faltava plaquetas. “Estamos precisando de doadores de plaquetas. Cada transfusão de plaquetas são de 6 a 8 unidades, ou seja, 6 a 8 doadores para uma transfusão”, informou a assessoria da Santa Casa.

De acordo com a Santa Casa, na doação é coletada do paciente uma bolsa de sangue total com aproximadamente 450 a 500ml de sangue. Após a coleta, esse sangue passa por um fracionamento, onde aquela bolsa inicial se transforma em quatro hemocomponentes diferentes, que são: hemácias, plasma, plaquetas e crioprecipitados. Por isso é dito que uma doação pode salvar até quatro vidas. Hoje o paciente só recebe transfusão do hemocomponente que ele precisa.

 

Requisitos básicos para doação de sangue:

 

  • Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;

 

  • Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);

 

  • Não é permitido realizar doação acompanhado de menores de 12 anos (exceto se o menor estiver acompanhado de dois adultos, sendo necessário o revezamento dos mesmos enquanto acontece a doação);

 

  • Estar em boas condições de saúde, se sentindo bem, sem qualquer sintoma;

 

  • Pesar no mínimo 50 kg e ter dormido ao menos 6h na última noite;

 

  • Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

 

  • Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum desde que evite alimentos gordurosos;

 

  • Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);

 

  • Em caso de diabetes, deverá estar controlada e não fazer uso de insulina;

 

  • Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

 

  • Não ter tido Doença de Chagas;

 

  • Não ter tido Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST);

 

  • Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 10 dias após cessarem os sintomas e o uso das medicações;

 

  • Aguardar 48h para doar caso tenha tomado a vacina da gripe, desde que não esteja com nenhum sintoma;

 

  • Candidatos que viajaram para o exterior devem entrar em contato com o Banco de Sangue para entender o período que não pode doar (varia de país a país).

 

 

Ultimas Noticias