Home Cidades Araçatuba Vereador pede que prefeito interceda junto a Doria pela reabertura do comércio

Vereador pede que prefeito interceda junto a Doria pela reabertura do comércio

4 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

O vereador Lucas Zanatta (PV) encaminhou ofício ao prefeito Dilador Borges (PSDB) no qual solicita que o município interceda junto ao governador João Doria (PSDB) para a retomada gradual da abertura do comércio em Araçatuba.

No documento, o representante do Partido Verde afirma que é necessário rever, com urgência, essa medida que, segundo ele, não respeitou as diferenças existentes entre as cidades paulistas, “tratando por igual o interior, a Grande São Paulo e a capital”.

O fechamento dos estabelecimentos comerciais é uma das medidas para combater a expansão do coronavírus. Entretanto, frisa o parlamentar em seu pedido, o isolamento social não está sendo cumprido em Araçatuba. “Basta andar pelas ruas para verificar grandes aglomerações em bancos, supermercados, lotéricas entre outros lugares. E, infelizmente, nem o Estado e nem o Município conseguiram impedir tais aglomerações e encontros”, afirma.

No entendimento dele, essa situação tem causado desequilíbrio à atividade comercial, com inúmeros prejuízos a empresários e funcionários. “Assim, o fechamento imposto enfraquece muitas empresas, gerando dívidas e desemprego”, afirmou, ao defender um plano gradual de reabertura o quanto antes.

Ele ressaltou que o covid-19 tem se espalhado mais intensamente na capital e na Grande São Paulo, não se verificando a mesma situação no interior do Estado. Ele citou casos de cidade sem nenhum caso e que, mesmo assim, está com o comércio está inteiramente fechado.

‘CONVULSÕES’

Ao final do texto, ele alerta para o risco de “convulsões sociais” caso nada seja feito.

“Sabemos que, se este fechamento continuar, haverá consequências nefastas em nossa cidade, sejam elas econômicas, sociais e de saúde, pois milhares estão preocupados com o sustento de suas famílias afetando-os psicologicamente, aumentando a possibilidade de infartos, suicídios, depressão entre outros problemas causados por esta crise econômica.”

O representante do Partido Verde admite que há uma “grande batalha” contra o coronavírus, mas o isolamento, em sua análise, “está criando uma crise social e econômica e de saúde que será bem maior”. Ele encerra, lembrando que outras doenças como dengue e H1N1 também estão ocorrendo e a prevenção a elas não pode perder o foco.

CONFIANÇA

Em nota enviada por sua assessoria de imprensa, o prefeito informou que está em constante contato com o governador e irá cumprir as determinações. Ele ainda afirmou que confia nas decisões tomadas pelos especialistas e autoridades no assunto.


Compartilhe esta notícia!